O mercado climático é o período em que o trigo define seu rendimento e, portanto,necessita de maior demanda por água e outros recursos naturais para formar os grãos.Quando as condições climáticas são adversas nos países exportadores de trigo, o quadro de preços sobe.

Embora existam múltiplos fatores que compõem o rendimento do trigo, o que apresenta a maior incidência no número final de produção em nível nacional é a disponibilidade de água em aproximadamente 30 dias em torno da antese.

É por isso que as previsões climáticas assumem um papel de liderança globalmente nos meses em que os grãos são definidos nos principais países produtores e exportadores do mundo: Rússia, União Européia e Estados Unidos. Enquanto isso, no nível regional, a produção da Argentina é a que define o pulso dos preços.

A Rússia lidera as exportações de trigo, respondendo por 19% do mercado mundial. É interessante notar que a Rússia deixou de ser um importador líquido para ser o maior exportador mundial de trigo nos últimos anos.

Sua superfície ocupa mais do que uma nona parte da Terra e apresenta um grande potencial para continuar crescendo em produtividade por hectare, como na área cultivada. Nesse sentido, o que acontece com as condições climáticas nas zonas produtivas deste país durante determinados períodos de desenvolvimento do trigo afeta os preços do mercado. O mapa que é mostrado indica as áreas onde o trigo é plantado na Rússia.

BCR

As variedades do cereal são divididas de acordo com a data de semeadura e a duração do ciclo (trigo de primavera e inverno). Para as variedades de primavera, a estação de crescimento não dura mais de 100 dias, elas são semeadas no meio da primavera do Hemisfério Norte e colhidas em meados de outubro (outono no HN).

Por outro lado, as variedades de inverno apresentam um ciclo de cerca de 320 a 350 dias (quase um ano de crescimento). Eles são mais produtivos que a primavera e têm tolerância à geada. Eles são plantados no final do verão, passam o inverno no período de dormência e dormem no ano seguinte no próximo verão.

O número de grãos por área de trigo é definido ao longo dos diferentes estágios da cultura, mas fundamentalmente dentro do estágio reprodutivo que inclui desde 20 dias antes da antese até 10 dias após a mesma. Este período na Rússia coincide com os meses de meados de junho e até meados de agosto para o trigo de primavera. No caso do trigo de inverno, esse período se estende de maio a meados de junho. No esquema a seguir, você pode ver as diferentes fases da cultura com os componentes de desempenho definidos em cada estágio.

Nesse sentido, a safra 2018/19 na Rússia caracterizou-se por condições de seca no período de abril a junho, coincidindo com o período crítico do trigo de inverno. Também durante o mês de maio na região asiática da Rússia, onde a safra de primavera é praticamente semeada, as temperaturas foram mais baixas do que o normal.

Finalmente, as chuvas vieram durante o período de colheita, quando as condições de seca são necessárias para evitar danos à qualidade do grão. Apesar destas condições adversas para o trigo, a produção russa está estimada em 70 milhões de toneladas de acordo com o USDA longe de falhas produtivos de 2010/11 e 2012/13 campanhas (onde 42 e 38 milhões de toneladas foram obtidos), mas com 15 Mt menos que a campanha anterior.

Embora a produção russa tenha caído mais em termos de volume, as condições de seca também afetaram outros países produtores, como França, Alemanha, Ucrânia, Cazaquistão e Austrália, o que resultou em um ajuste dos estoques finais globais da ordem de 4 bilhões. , 2% ao ano.

Esta queda nas ações provocou o aumento dos preços do trigo em todos os mercados. Portanto, de acordo com o International Grains Council, na próxima temporada 2019/20, projeta um aumento na área semeada na UE, Rússia, Estados Unidos e Índia. Assim, a área global de trigo aumentaria pela primeira vez em quatro anos.



Fonte: Adaptado de Bosa do Comércio de Rosário

Tradução: Equipe Mais Soja

Texto originalmente publicado em:
Bolsa do comércio de Rosário
Autor: BCR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.