Agricultura de precisão da C.Vale já mapeou mais de 120 mil hectares no Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

O intervalo entre a colheita de inverno e o plantio da safra de verão é o período ideal para o produtor se planejar e solicitar junto à C.Vale os serviços de agricultura de precisão. Os associados da cooperativa que adotaram os serviço em suas lavouras de soja conseguiram ganhos expressivos de produtividade em relação à média de seus estados. No caso do Paraná, onde muitas regiões já possuem solos naturalmente mais férteis, o aumento médio chegou a 10%, um ganho mais do que suficiente para bancar o investimento. A grande diferença que o serviço oferece em relação ao sistema convencional de produção está no mapeamento do solo, explica Rafhael Crema, responsável pela agricultura de precisão da C.Vale.

Foto: C.Vale

De acordo com Crema, mesmo que as janelas entre colheita e plantio estejam cada vez mais curtas é importante que o produtor faça o agendamento para obtenção de amostras, visando o plantio seguinte. “Com as informações sobre as condições do solo, o produtor pode se planejar para aplicar os corretivos na medida exata da necessidade de cada talhão. O custo médio do serviço é de uma saca de soja por hectare”, completa.

120 mil hectares

Acompanhando a contínua evolução tecnológica do campo, a C.Vale passou a oferecer aos associados, há poucos anos, o serviço de agricultura de precisão. A tecnologia tem como objetivo aperfeiçoar o uso dos insumos agrícolas, reduzir os impactos ambientais da produção e melhorar a gestão das propriedades, garantindo maior rentabilidade ao associado.


Quer melhorar o controle de amargoso?  Adquira nosso curso e atualize-se!

________________________________________________________________________O serviço já mapeou mais de 120 mil hectares, nos estados do Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Todas as amostras, coletadas por profissionais do Departamento Agronômico da cooperativa, são encaminhadas a um laboratório para análise. Posteriormente, os técnicos geram um conjunto de mapas com todas as características da propriedade. Com os dados em mãos, o produtor pode fazer ou solicitar o serviço de distribuição dos fertilizantes com taxa variável.

Fonte: C.Vale

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.