Área plantada de algodão deve ser reduzida em 2% em relação à última safra

311

            O primeiro levantamento da estimativa de plantio safra 2015/2016 para a lavoura do algodão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) aponta uma redução da área a ser plantada em torno de 2% em relação à safra passada. Segundo os analistas de mercado, a tendência de redução da área a ser plantada se deve a atual conjuntura econômica impactada pela alta do dólar associada aos elevados estoques internacionais que contribuíram de forma negativa para a formação de preço do produto em pluma no mercado internacional. Desta forma, a área a ser plantada da safra 2015/16 deverá ser de 993,5 mil hectares para uma produção estimada de 1.529,5 mil toneladas de pluma. Com relação ao início do plantio do algodão da primeira safra, nas diversas regiões produtoras está condicionada ao período estipulado para o vazio sanitário que no caso do estado de Minas Gerais estende até 20 de novembro, onde a intenção de plantio deverá ser de 18,8 mil hectares mesmos números da safra anterior. Quanto aos preços no mercado interno a cotação do algodão encerrou a última semana do mês de setembro em alta sendo comercializado a R$ 78,10/arroba no atacado em São Paulo o que significa uma variação positiva de 2,13% em relação ao mês anterior e 42,31 % no mesmo período do ano passado. Em se tratando de mercado externo, a Bolsa de Nova York fechou o mês de setembro com os preços em elevação, isto, em função do bom desempenho das Exportações divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – USDA.

Tendência

          Segundo os dados apresentados pelo Comitê Consultivo Internacional do Algodão (ICAC), o mercado do algodão passará por uma importante mudança com relação ao quadro de oferta e demanda ao longo da safra 2015/16. O estudo apresentado pelo comitê sinaliza que produção mundial de pluma será inferior ao consumo quadro que não repetia desde a safra 2009/10. Assim sendo, a redução do volume da produção irá implicar na diminuição de 5,37% nos estoques de passagem no ano safra 2015/16, projetado em 20,62 milhões de toneladas, contra 21,79 milhões em 2014/15. Portanto, a relação estoque versus consumo, no período, passa a ser de 82,45%, contra 89,01% na safra 2014/15. Com base no cenário atual, as cotações do preço do algodão no mercado interno apresentaram as seguintes variações nas principais regiões produtoras, na última semana do mês de setembro, segundo dados da Conab, a saber:

Cotações Algodão 22.10

Reinaldo Nunes de Oliveira

E‐mail: reinaldo.oliveira@emater.mg.gov.br

Tel: (38) 3223‐2130 – Montes Claros/MG

koss mv1south beach miami apartmentsреклама на авто спбтехнология укладки ламината своими руками24option.com review

Texto originalmente publicado em:
EMATER/MG
Autor: Reinaldo Nunes de Oliveira

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA