Armazenamento de sementes de soja tratadas industrialmente com Fortenza Duo® e Avicta Completo®

700

A rápida adoção do tratamento industrial de sementes (TSI) se deve aos seus benefícios como: conveniência, melhor distribuição dos produtos, segurança do aplicador e manutenção da qualidade fisiológica das sementes.

Autores: FERNANDES, N.; ANDRADE, T.; CAETANO, C.C.; VEIGA, J.S.; ARANTES, E.; MOREIRA, J.; REIS, G.A

 Trabalho disponível nos Anais do Evento e publicado com o consentimento dos autores.
Trabalho disponível nos Anais do Evento e publicado com o consentimento dos autores.

RESUMO

O tratamento de sementes é essencial na proteção contra doenças e pragas na fase inicial dos cultivos, protegendo o stand e o estabelecimento de plântulas. A rápida adoção do tratamento industrial de sementes (TSI) se deve aos seus benefícios como: conveniência, melhor distribuição dos produtos, segurança do aplicador e manutenção da qualidade fisiológica das sementes.

Diante deste cenário, faz-se necessário o entendimento sobre a seletividade das sementes frente à receita de tratamento industrial. Com este objetivo foram analisadas sementes de 85 cultivares de soja (RR e IPRO) de diferentes níveis de vigor inicial tratadas com as receitas de Fortenza Duo® (fludioxonil + mefenoxam + thiabendazole + thiamethoxam + cyantraniliproli + polímero) e Avicta Completo® (fludioxonil + mefenoxam + thiabendazole + thiamethoxam + abamectina + polímero).

Em adição as receitas acima, uma testemunha tratada apenas com fungicida Maxim Advanced® (fludioxonil+mefenoxam+thiabendazole) foi inserida como comparativo e proteção contra possíveis contaminações com fungos. Após o tratamento, as sementes foram armazenadas em condição ambiente e foram realizados testes de germinação (RAS, 2009) e emergência em canteiros (avaliação aos 12 dias após a semeadura) aos 0, 45, 90, 135 e 180 dias após o tratamento de sementes (DATS).

Para todos os testes, receitas e épocas, utilizou-se 4 repetições de 50 sementes. Para comparação das médias das receitas foi utilizado o intervalo de confiança a 5% de significância.

De acordo com os resultados obtidos não houve diferença significativa na porcentagem de germinação e emergência das sementes tratadas com Fortenza Duo®, Avicta completo® e a testemunha com Maxim Advanced® até 180 DATS.

Conclui-se que as receitas são altamente seletivas às sementes, não impactando portanto, o armazenamento destas.

Palavras-chave: TSI, Glycine max, germinação, emergência em canteiros, seed safety, armazenamento.

Informações do autores :     

The Seedcare Institute – Syngenta, Holambra, SP, Brasil  

Disponível em: Anais do  XX Congresso Brasileiro de Sementes, Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 2017.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.