A comercialização de arroz em casca no Rio Grande do Sul está em ritmo lento e as cotações continuam em baixa, conforme indicam dados do Cepea. De modo geral, beneficiadoras mostraram pouco interesse por novas aquisições, dando preferência para o arroz depositado em seus armazéns para repor o estoque, ao invés de comprar arroz “livre” (armazenado nas propriedades rurais).

Outras estão trabalhando com estoque de casca já adquirido anteriormente. Do lado vendedor, apenas orizicultores com necessidade de “fazer caixa” estiveram presentes no mercado spot. De 6 a 13 de novembro, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, caiu 0,8%, fechando a R$ 42,36/sc de 50 kg na terça-feira, 13. Na parcial deste mês (de 31 de outubro a 13 de novembro), a queda foi de 2,33%.



Fonte: Cepea

Texto originalmente publicado em:
Cepea
Autor: Cepea

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.