Associação de produtores de soja dos EUA manifesta preocupação com tarifas sobre a soja

A ASA: American Soybean Association (Associação de Produtores de Soja dos Estado Unidos) apresentou recentemente comentários sobre as tarifas impostas ao setor pelos Chineses,  ao Representante de Comércio dos Estados Unidos (USTR) durante o período de 30 dias destinados a manifestações sobre o tema.

Os comentários da ASA destacaram as preocupações dos produtores de soja, uma vez que o governo chinês indicou que retaliará as tarifas propostas na Seção 301 (que inclui aço e outros produtos), ao impor uma tarifa de 25% sobre as importações dos EUA. soja As tarifas propostas já criaram incerteza no mercado e ameaçam o trabalho de longa data dos produtores americanos.

“Como produtores do produto número um da exportação agrícola americana, os produtores de soja querem ser uma parte essencial nas discussões para ajudar a reduzir o déficit comercial com a China. Acreditamos que a expansão do acesso ao mercado pode desempenhar um papel vital no aumento do nosso superávit comercial agrícola “, disse a ASA nos comentários. “Pedimos ao USTR e ao governo que reconsiderem as tarifas da Seção 301 e permitam que os produtores de soja façam parte da solução, em vez de sofrem os danos colaterais de uma possível guerra comercial.”

Uma cópia dos comentários completos da ASA pode ser encontrada aqui.

Fonte: Associação de Produtores de Soja dos Estado Unidos, traduzido pela Equipe Mais Soja

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.