O presente trabalho objetivou avaliar a ação da bactéria e do fungo para o controle de P. branchyurus, em áreas de campo com cultivo de soja inoculadas com ICBNutrisolo Trichoderma.

Autores: Diouneia Lisiane Berlitz1; João Roberto Scherer2; Akio Santos Matsumura1; Akira Santos Matsumura1; Aida Teresinha Santos Matsumura 1

Trabalho publicado nos Anais do evento e divulgado com a autorização e inserção de informações enviadas pelos autores.

Introdução

Os fitonematóides são pragas de importância econômica na área agrícola causando perdas significativas nas mais diversas culturas. O gênero Pratylenchus, especialmente P. branchyurus ou nematoide das lesões, são migradores e realizam o parasitismo das raízes das plantas hospedeiras, necrosando as células radiculares e tornando a planta mais suscetível a outros patógenos de solo (Figura 1).

Figura 1. (A) Pratylenchus spp. (B) Lesões causadas nas raízes da planta. Fonte:NematologiadoBrasil.

Diferentes microrganismos são relatados como controladores desses fitonematoides como a bactéria B. amyloliquefaciens que atua nos exsudatos da planta, desorientando os juvenis (J2) em relação às raízes, e fungos como P. lilacinum que parasita os ovos de nematoides.

Sendo assim, o presente trabalho objetivou avaliar a ação da bactéria e do fungo para o controle de P. branchyurus, em áreas de campo com cultivo de soja inoculadas com ICB Nutrisolo Trichoderma®.

Materiais  e métodos

Para os experimentos em campo, foram selecionadas 3 áreas do município de Buritis (MG). A aplicação dos microrganismos foi via pulverização em barra após a semeadura, nas seguintes dosagens: B. amyloliquefaciens (1×109 UFC/mL): 50mL/ha; P. lilacinum (1×109 UFC/mL): 100mL/ha; ICB Nutrisolo Trichoderma® (1x1011UFC/mL) 50mL/ha, em 100L de calda, área tratada (T) e área não tratada (C).

No período de florescimento da cultura foram realizadas as coletadas de amostras de solo e raízes em 10 pontos sendo 5 pontos de cada área (Figura 2). As amostras foram enviadas para laboratório especializado para análise e emissão do laudo.

Figura 2. Georreferenciamento das coletas de amostras de solo e raízes das plantas.

Resultados e discussão

Os resultados mostraram que, em todas as áreas tratadas houve redução no número de nematoides encontrados nas raízes das plantas, com redução de 72,9%; 43,8% e 26,3% em relação às áreas controle, respectivamente para áreas 1, 2 e 3 (Figura 3).

Figura 3. Redução de Pratylenchus branchyurus em soja inoculada com ICB Nutrisolo Trichoderma® e tratada com Bacillus amyloliquefaciens e Purpuriocilium lilacinus.

Não foram detectados ovos do nematoide nas amostras de solo, podendo ser resultado da ação de parasitismo destes pelo fungo P. lilacinum. Nas áreas tratadas (T) 2 e 3 houve maior incidência de nematoides (J2) no solo em relação ao controle (C).

Infere-se que esse resultado é a ação da bactéria B. amyloliquefaciens que atua na região radicular da planta, modificando os exsudatos produzidos e o nematoide não identifica quimicamente a planta hospedeira e permanece no solo, não conseguindo parasitar as raízes.

Esse conjunto de resultados revelam que os microrganismos foram eficientes para diminuir a população de P. branchyurus e tornam-se promissores na prospecção e registro de novos bioprodutos aplicados no manejo da soja.

Informações dos autores:  

1ICB BIOAGRITEC Ltda, Porto Alegre, RS;

2Horizonte Comercial Agrícola, Formosa, GO.

Disponível em: Anais do XXXV Congresso Brasileiro de Nematologia. Bento Gonçalves – RS, Brasil.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.