Controle químico da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) na cultura da soja

O objetivo deste estudo foi verificar o efeito do fungicida Mancozeb associado ao Azoxistrobina + Ciproconazol no controle da ferrugem asiática em diferentes doses.

Autores:  C. BUENO1,2; F.O.BIAZOTTO2; L.F.Z.ALMEIDA2; H.C.COSTA JUNIOR2; RODRIGUES.E2; M.A.SILVERIO2; E.D.MATTOS2; M.A.V.LIMA2; BRAULINO.D2; A.C.NUCCI FILHO2; R.C.S.CARDOSO2

Trabalho disponível nos Anais do Evento e publicado com o consentimento dos autores.

Resumo

Causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi a ferrugem asiática é a doença mais severa que incide na cultura da soja e espalhou-se rapidamente por todas as regiões produtoras. Causa dano como desfolha precoce que consequentemente resulta em redução de produtividade se não controlada preventivamente.

O objetivo deste estudo foi verificar o efeito do fungicida Mancozeb 800 g.Kg-1 associado ao Azoxistrobina 200 + Ciproconazol 80 g.L-1 no controle da ferrugem asiática em diferentes doses. O estudo foi instalado no município de Guatapará-SP com delineamento estatístico em blocos casualizados, com 4 blocos e 7 tratamentos, sendo:

(T1) Testemunha;

(T2) Azoxistrobina 200 + Ciproconazol 80 g.L-1 a 0,3 L.ha-1;

(T3) Mancozeb 800 g.Kg-1 a 1,4 Kg.ha-1;

(T4) Azoxistrobina 200 + Ciproconazol 80 g.L-1 a 0,3 L.ha-1 + Mancozeb 800 g.Kg-1 a 0,35 Kg.ha-1;

(T5) Azoxistrobina 200 + Ciproconazol 80 g.L-1 a 0,3 L.ha-1 + Mancozeb 800 g.Kg-1 a 0,70 Kg.ha-1;

(T6) Azoxistrobina + Ciproconazol a 0,3 L.ha-1 + Mancozeb 800 g.Kg-1 1,0 Kg.ha-1 ;

(T7) Azoxistrobina 200 + Ciproconazol 80 g.L-1 a 0,3 L.ha-1 + Mancozeb 800 g.Kg-1 a 1,4 Kg.ha-1.

A partir da AACPD comprova-se que a associação do fungicida Mancozeb 800 g.Kg-1 com Azoxistrobina 200 + Ciproconazol 80 g.L-1 proporcionou maior controle da ferrugem asiática a partir da dose de 0,7 Kg.ha além de que a combinação do mancozeb aos grupos DMIs e QoIs auxiliam no manejo de resistência do fungo Phakopsora pachyrhizi por atuar sem especificidade de sitio de ação.

Na avaliação de produtividade todos os tratamentos diferenciaram-se da parcela testemunha.

Palavras chaves: Fungicida protetor; Phakopsora pachyrhizi; Glycine max.

Informações dos autores:

1Instituição Municipal de Ensino Superior de Bebedouro Victório Cardassi (IMESB).

 2Ourofino Química LTDA, Rua Coronel Fernando Ferreira Leite,  Ribeirão Preto/SP.

Disponível em: Anais do 50º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, Uberlândia – MG, Brasil.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.