Durante os eventos, que serão realizados, nesta semana, nas cidades de Tupaciretã e Cruz Alta, produtores rurais terão a oportunidade de conhecer os benefícios do manejo integrado para garantir alta produtividade no cultivo de soja

Na quinta-feira (29), a Corteva AgriscienceTM, Divisão Agrícola da DowDuPont, reúne em Tupaciretã (RS), produtores rurais interessados em diminuir os prejuízos trazidos às lavouras por doenças, como a ferrugem da soja, por exemplo.

Durante o encontro será realizada uma roda de discussão entre especialistas da agroindústria, sojicultores e com a pesquisadora Mônica Debortoli, do Instituto Phytus. O objetivo é levar aos produtores de soja informações sobre os benefícios do manejo correto. Na sexta-feira (30), o encontro será realizado em Cruz Alta (RS).

Segundo uma circular técnica divulgada recentemente pela Embrapa sobre a “Eficiência de fungicidas para o controle da ferrugem-asiática da soja, Phakopsora pachyrhizi, na safra 2017/2018”, essa doença é hoje um dos problemas mais severos que os produtores rurais enfrentam no Brasil. Sendo que após a incidência de ferrugem asiática na cultura, os danos podem chegar a comprometer até 90% da lavoura, dependendo da região geográfica.

“Apesar do difícil controle do problema, queremos mostrar aos sojicultores que é possível fazer um manejo adequado. Que nós costumamos chamar de manejo campeão, porque ao respeitar o vazio sanitário, diversificar nas estratégias de controle, utilizar cultivares com tolerância a ferrugem, e de preferência com variedades de ciclo curto, nós conseguimos criar estratégias eficientes para o controle de doenças”.

“Mas, para isso, é preciso que os sojicultores estejam atentos à importância do uso correto de equipamentos e às condições adequadas de aplicação. E também que eles saibam que é fundamental fazer as aplicações, de forma preventiva e não curativa”.

“Nestes encontros, queremos reforçar também que o Manejo Campeão é aquele que respeita a bula e que faz a rotação de fungicidas”, explica Marcus Fiorini, líder de fungicidas da Corteva AgriscienceTM, Divisão Agrícola da DowDuPont no Brasil.

Para incentivar os produtores a seguir as boas práticas agrícolas, garantindo assim, uma lavoura mais produtiva, a Corteva criou a webserie Manejo Campeão, que traz depoimentos de sojicultores que perceberam a importância do manejo para assegurar a sustentabilidade de seus negócios. Conheça mais sobre o projeto no link.

Sobre a Divisão Agrícola da DowDuPont

A Divisão Agrícola da DowDuPont, uma área de negócios da DowDuPont (NYSE: DWDP), combina os pontos fortes da DuPont Pioneer, DuPont Crop Protection e Dow AgroSciences. Em conjunto, a Divisão Agrícola fornece aos produtores em todo o mundo o portfólio mais completo da indústria, desenvolvido ao longo de um pipeline de pesquisa robusto em germoplasma, traits, biotecnologia e proteção de culturas.

A divisão está empenhada em oferecer inovação, ajudando os agricultores a aumentar a produtividade e garantir a segurança alimentar para uma população global crescente. A DowDuPont pretende separar a Divisão Agrícola em uma empresa independente de capital aberto.

Para mais informações, acesse nosso site.

Fonte: Assessoria de imprensa Corteva

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.