Cotações de soja e milho voltam a subir, segundo CEPEA (em 08/12/2015)

170

Atentos aos baixos estoques da safra 2014/15 e preocupados com as lavouras 2015/16, produtores consultados pelo Cepea se retraíram para novos negócios nos últimos dias, o que manteve baixa a liquidez no mercado brasileiro. Enquanto isso, as exportações continuam em ritmo intenso, atingindo volumes atípicos para este período. No agregado de 2015, os embarques já são recordes e ainda há registros de navios nomeados para carregar o grão até a terceira semana de dezembro. Os preços, por sua vez, também estão em alta na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea.

Os preços do milho voltaram a subir na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea na semana passada. Segundo pesquisadores do Cepea, mais uma vez, o impulso é dado pelas exportações aquecidas, que elevam os preços nos portos e influenciam a alta das cotações no interior do País. Entre 27 de novembro e 4 de dezembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas-SP) subiu 2,6%, fechando a R$ 34,09/sc de 60 kg na sexta-feira, 4. Segundo a Secex, as exportações brasileiras de milho somaram 4,76 milhões de toneladas em novembro, quase 60% a mais que em novembro/14. No acumulado do ano, os embarques estavam em 22,65 milhões de toneladas, 30% a mais que no mesmo período do ano passado.

ноутбукикурсnew construction real estatetrading psychologyкисти для макияжа купить в украине

Texto originalmente publicado em:
CEPEA
Autor:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA