Depois de mobilização da Faeg, Mapa autoriza prorrogação do prazo de plantio em Goiás

195

Depois que produtores do centro-norte goianos fizeram um documento solicitando a prorrogação do prazo de plantio em Goiás, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Política Agrícola, autorizou a extensão do período para uma serie de municípios goianos (veja lista abaixo), que agora irão plantar entre 1o de outubro a 31 de janeiro. A decisão e resultado da aprovação do zoneamento de risco climático para soja no estado de Goiás, e deve tranquilizar milhares de produtores.

O documento foi assinado durante reunião convocada pela Federação, na ultima terça-feira (22), durante a qual todos os produtores rurais das regiões mais afetadas, discutiram medidas e soluções em busca de minimizar os prejuízos e perdas causadas pela falta de chuva. A reunião aconteceu em Porangatu e na ocasião, foram colhidas assinaturas dos produtores solicitando a prorrogação do prazo de plantio da soja de 31 de dezembro para 15 de janeiro. O documento foi encaminhado através da Faeg, para a Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e para o Mapa.

Os produtores rurais do centro-norte de Goiás temem colher cerca de R$ 224 milhões em prejuízos se não houver chuva no estado nos próximos dias. Tanto pecuaristas quanto produtores lamentam debaixo de sol forte e um calor escaldante, o mesmo aborrecimento: a dificuldade de ganhar o sustento em tempos em que a água está cada vez mais escassa. De acordo com dados da Faeg, a estimativa de perda chega a 20% nessas regiões e um total de 4,2% em todo o estado. Em valor, a previsão é cerca de R$ 450 milhões em prejuízos em Goiás.

Municípios com período de plantio de 1o de outubro a 31 de janeiro:
Água Fria de Goiás, Águas Lindas de Goiás, Alexânia, Alto Horizonte, Alto Paraíso de Goiás, Alvorada do Norte, Amaralina, Aragarças, Araguapaz, Arenópolis, Aruanã, Baliza, Barro Alto, Bom Jardim de Goiás, Bonópolis, Britânia, Cabeceiras, Campinaçu, Campinorte, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Diorama, Estrela do Norte, Flores de Goiás, Formosa, Goiánésia, Goiás, Guarani de Goiás, Hidrolina, Iaciara, Itapaci, Itapirapuã, Itapuranga, Jussara, Mara Rosa, Matrinchã, Mimoso de Goiás, Minaçu, Monte Alegre de Goiás, Montes Claros de Goiás, Montividiu do Norte, Mozarlândia, Mundo Novo, Mutunópolis, Niquelândia, Nova Crixás, Novo Gama, Novo Planalto, Padre Bernardo, Piranhas, Pirenopolis, Planaltina de Goiás, Porangatu, Posse, Rialma, Rianápolis, Santa Fé de Goiás, Santa Isabel, Santa Rita do Novo Destino, Santa Tereza de Goiás, Santa Terezinha de Goiás, Santo Antonio do Descoberto, São João D’Aliança, São Luiz do Norte, São Miguel do Araguaia, Sitio D’Abadia, Trombas, Uruaçu, Uruana e Vila Boa.

FONTE: FAEG

купитьотдых грузии море частныйскрипт онлайн консультантакакие документы необходимы для загранпаспорта нового образцапродвижение социальных сетей

Texto originalmente publicado em:
FAEG
Autor: Assessoria de Comunicação

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA