Desafio Agro Startup: Projeto para crédito agrícola mais seguro

Foto: Família Mugnol

O ‘InteCred’ é uma das ideias e projetos participantes do Desafio Agro Startup, um programa de iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás) que oferece, sob a forma de competição de modelos de negócios, capacitações e mentorias para idealização de negócios inovadores. Ao todo, 12 ideias finalistas serão apresentadas no dia 11 de abril, no estande do Sistema Faeg Senar e Sebrae, durante a Tecnoshow Comigo, em Rio Verde (GO).

O sócio proprietário da Implanta IT Solutions, Rômulo Prudente, preza pela inovação. Ele junto à sua equipe de gestores desenvolveu o ‘InteCred’, um projeto que é uma solução de softwares e serviços, também chamada de ‘Plataforma de Gestão de CPR´S’. “Com o ‘InteCred’ vamos integrar investidores e produtores rurais por um crédito agrícola mais seguro, fácil e competitivo”, destaca Rômulo.

Intecred: uma plataforma Web e Mobile acessível para indústrias

Rômulo explica que um dos fatores que permitiram a ampliação do crédito rural privado foi a criação pelo governo, em 2003, da Cédula de Produto Rural (CPR) como título garantidor do pagamento do produtor aos seus credores (bancos, tradings, indústrias de insumos e distribuidores de insumos). Para ele, a vinculação de CPR´s nos contratos entre produtores e investidores diminui o risco de inadimplência e é uma ferramenta de sustentação deste crédito privado tão necessário para o nosso agronegócio, uma vez que o crédito público não consegue suprir a demanda.

Pensando nisso, a implanta está desenvolvendo o ‘InteCred’ para atuar na criação, gestão, endosso e baixa de títulos e cédulas como a CPR. “Dessa forma iremos garantir uma operação simples, confiável, segura e atrativa para novos investidores, e assim propiciar a concessão de crédito privado na quantidade necessária para atender toda a demanda do mercado e manter o Brasil competitivo na produção agrícola”. E acrescenta. “O InteCred será uma plataforma web e mobile acessível para indústrias, distribuidores, tradings, bancos e produtores rurais em todo o Brasil e futuramente na América Latina”.

Mudanças e crescimento

A implanta já é uma startup ativa, com produto consolidado e clientes no Brasil, Colômbia e Chile, mas está criando o ‘InteCred’ para suprir uma demanda de mercado ainda não tratada adequadamente, segundo Rômulo. “Para o projeto, temos o desafio de divulgação correta da solução e atingir o público-alvo desejado, criando a cultura de uso da solução até que os benefícios sejam percebidos e escalados”. O empreendedor lembra das mudanças ocorridas ao longo do Desafio Agro Startup.

“Fizemos uma grande mudança na forma de apresentação da solução. Ficamos muito animados com a qualidade e profundidade que o Desafio Agro Startup mostrou em sua abordagem inicial. O esforço que o Sebrae e Senar de prospectar as Agtechs de todo o estado através das apresentações itinerantes e a competência do time envolvido, foi facilmente percebido pelo mercado. E muito nos orgulha, termos nos classificado até este momento na disputa”.

Ficar parado não faz parte dos planos do grupo. “A sequência agora é fazer um MVP (Minimum Viable Product ou mínimo produto viável), aplicar em alguns projetos piloto e depois buscar a escala desejada com a captação de um investidor”.

Competitividade do agronegócio goiano

O superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), Antônio Carlos de Souza Lima Neto, conta que o Desafio Agro Startup é uma iniciativa que proporcionará boas e novas ideias para o setor agropecuário. “O Senar Goiás atua na qualificação e aperfeiçoamento da mão-de-obra no meio rural. O incremento da produção agrícola e pecuária é resultado do aumento na produtividade, um instrumento indispensável ao alcance destes objetivos, e a tecnologia utilizada nas propriedades rurais. O desafio contribuirá ao desenvolvimento do agronegócio, impactando positivamente na sustentabilidade e competitividade do produtor rural”.

O analista de Inovação e Competitividade Francisco Lima Júnior lembra o ideal do programa. “Buscamos pessoas e equipes com espírito empreendedor que tenham, ou sejam capazes de gerar boas ideias para solucionar problemas e explorar as oportunidades dos elos das cadeias produtivas do agronegócio. Fomentando assim, o surgimento e fortalecimento das AgroTechs e consequentemente todo o mercado. Participam do programa startups de qualquer estágio de maturidade, pessoas ou equipes com uma ideia de negócio ou sem uma ideia formada, mas que acreditam que sejam capazes de gerar soluções inovadoras para o agronegócio.

Serviço

Desafio Agro Startup – Premiação

Local: Tecnoshow Comigo 2018, no Centro Tecnológico COMIGO (CTC), em Rio Verde (GO).

Data: 11 de abril

Fonte: Portal do Sitema FAEG, Postado por Nayara Pereira

Texto originalmente publicado em:
Portal do Sitema FAEG
Autor: Portal do Sitema FAEG

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.