Especialistas falam sobre manejo de plantas daninhas e destruição de soqueira em Dia de Campo

271

Manejo de plantas daninhas e destruição de soqueira serão os temas abordados na Estação 4 do Dia de Campo IMAmt, que acontecerá no próximo dia 6 (sexta-feira), no Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Centro, em Campo Verde (a 120 km de Cuiabá).

 

Os professores Sebastião Carneiro, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e Anderson Cavenaghi, do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag), falarão sobre aspectos referentes à resistência e ao manejo das principais plantas daninhas que atualmente infestam as lavouras de algodão e de soja em Mato Grosso. Os destaques serão Capim-Pé-de-Galinha (Eleusine indica), Buva (Conyza sp.) e Capim Amargoso (Digitaria insulares).

 

Em seguida, o pesquisador Edson Andrade Junior, do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt), que há anos desenvolve um trabalho em parceria com Cavenaghi e Carneiro, tratará do tema destruição química de soqueira. Ele apresentará as principais formas de aplicação, doses/produtos (utilizando dados de ensaios realizados pelo IMAmt), pontos de atenção e o panorama da última safra (baseado em dados levantados nos Grupos Técnicos do Algodão – GTAs e nas fazendas). Em sua apresentação, Edson Junior também destacará os principais aspectos da fiscalização durante o vazio sanitário do algodoeiro (Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 001/2016).

 

O Dia de Campo do IMAmt terá outras quatro estações. Na Estação 1, o pesquisador melhorista Jean Belot e Marcio de Souza, coordenador de Pesquisas e Difusão de Tecnologias do IMAmt, falarão sobre as variedades do IMAmt, junto com Ueverton Rizzi, agrônomo da Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Agronegócio (Comdeagro).  Na Estação 2, Jacob Netto, Guilherme Rolim e Walter Jorge abordarão as principais pragas do algodoeiro. 

 

Na Estação 3, nematoides, ramulária e micro-orgranismos benéficos serão os temas apresentados pelos fitopatologistas do IMAmt, Rafael Galbieri e Tamiris Rêgo, e os técnicos Savio Lopes e Zeani Veloso. Na Estação 5, novas tecnologias serão apresentadas ao público pela Embrapa Instrumentação (unidade da Empresas Brasileira de Pesquisa Agropecuária de São Carlos – SP), e pelas empresas Netafim e FarmersEdge.

 

A programação do Dia de Campo será finalizada ao meio-dia com um almoço oferecido aos convidados.

 

Serviço

O que: Dia de Campo IMAmt

Quando: 6 de julho (sexta-feira), a partir de 7h30

Onde: Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Centro Ampa/IMAmt, na BR-070, sentido Campo Verde a Primavera do Leste, Km 365 (virar à direita 80 m após a saída de Campo Verde)

Fonte: Assessoria de imprensa AMPA

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.