Expectativas de cultivo safra 15/16: Arroz – previsão de redução de área e produtividade nos principais estados produtores

261
arroz

   As primeiras análises dos números da cultura do arroz da safra 2015/16 indicam uma leve redução dos índices pesquisados. A área plantada terá uma redução entre 1% e 3,2% em relação à safra passada. Essa tendência fica evidenciada em quase todos os estados produtores.

    Na produtividade a redução prevista será de 1,6% na média nacional, estimada em 5.335 kg/ha, com variações positivas ou negativas nos estados, a ser conferida no decorrer da safra. A mesma tendência pode ser verificada na estimativa de produção, onde os números nacionais apontam para uma queda entre 2,7% e 4,8%, ficando entre 11,9 e 12,1 milhões de toneladas.

    No Rio Grande do Sul, maior estado produtor do cereal que na safra 2014/15 representou quase 70% da produção brasileira, há indicativo de redução da área plantada e nas produtividades, que por consequência, afetam a produção total.

   A área plantada deverá ficar entre 1,08 e 1,09 milhão de hectares, ante os 1,12 milhão de hectares da safra passada. Com uma produtividade média esperada de 7.466 kg/ha, a produção total deverá ficar entre 8,07 e 8,21 milhões de toneladas, 6,4% ou 4,8% menor que a safra 2014/15. A previsão de chuvas em excesso no momento de implantação da safra pode alterar os números de área, porém é sabido que em anos onde não há falta de água as produtividades daquele estado são excelentes, haja vista a profissionalização do orizicultor e a tecnificação das lavouras.

A semeadura já iniciou em todas as regiões produtoras. A grande preocupação dos produtores está relacionada com os prognósticos climáticos que preveem grandes volumes de chuva para os próximos meses, o que tem feito com que os produtores não implantem as lavouras nas cotas mais baixas e nas margens dos rios. A região que avançou mais na área semeada foi a Fronteira Oeste, alcançando 30% da área prevista.

As avaliações iniciais em Santa Catarina indicam que o clima para o plantio da nova safra tem sido favorável. Com o inverno menos frio os produtores anteciparam a semeadura do arroz. A oferta de crédito e de insumos para o plantio está dentro da normalidade e indica uma lavoura com alto nível de aporte tecnológico. Há regiões onde 45% da área prevista para plantio já foi semeada. Nas regiões do Vale do Rio Itajaí e Litoral Norte a semeadura começou no final de junho, enquanto que na região Sul o plantio foi a partir de setembro. Os produtores estão otimistas quanto à nova safra, especialmente divido aos preços praticados no mercado do arroz, que estão acima dos preços mínimos.

A área plantada em Santa Catarina na nova safra ficará estável, entre 147,6 e 150 mil hectares, ou seja, variando entre uma redução de 0,2% e aumento de 1,4%. Com produtividade média de 7.400 kg/ha, 3,5% maior do que a safra anterior, a produção total  ficará entre 3,3% a 5% maior do que a safra 2014/15, variando entre 1,09 e 1,11 mil toneladas.

Abaixo a tabela comparativa de área e produtividade dos principais estados produtores (clique 2 x para ampliar):

arroz sul

Referencia: Acomp. safra bras. grãos, v. 3 – Safra 2015/16, n. 1 – Primeiro levantamento, outubro 2015. 

walmart budge car covershouses for sale in miami shoresавито работа москвабанковский конфискат авто украинаконтекстная реклама сайта стоимость

Texto originalmente publicado em:
Conab
Autor:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA