Exportação de milho é recorde no mês; preço interno se sustenta segundo análise da CEPEA

273

O volume de milho exportado pelo Brasil em outubro somou 5,55 milhões de toneladas, 74,5% a mais que em outubro/14 e 60% superior ao de setembro, segundo dados da Secex – a quantidade dos primeiros 16 dias do mês já era recorde mensal. O forte ritmo dos embarques ainda ajuda a sustentar os valores internos do milho, mas, no porto de Paranaguá (PR), houve enfraquecimento nos preços na semana passada, devido à desvalorização no dólar. A expectativa é que as exportações sigam aquecidas nas próximas semanas.

De fevereiro a outubro deste ano, 14,69 milhões de toneladas de milho foram exportadas e, para atingir as 27,24 milhões de toneladas estimadas pela Conab, os embarques precisam registrar média de 4,18 milhões de toneladas em novembro, dezembro e janeiro. Entre 30 de outubro e 6 de novembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa, referente à região de Campinas (SP), subiu 0,54%, fechando a R$ 33,77/saca de 60 kg na sexta-feira, 6. Se considerados os negócios também em Campinas, mas com prazos de pagamento descontados pela taxa NPR, a média à vista foi para R$ 33,26/sc, reação de 0,45%.

Fonte: CEPEA

профессиональная косметика для визажистов купитьrentsраскрутка webразмер алиментов 2015продвижение сайта seo оптимизация

Texto originalmente publicado em:
CEPEA
Autor:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA