Imea divulga a situação da cultura do algodão para o Mato Grosso

186

Ao que parece, a safra 15/16 não repetirá o recorde visto na safra 14/15 de melhor produtividade da história em MT. Porque, para a safra 15/16, a nova estimativa de produtividade está em 269,3@/ha, recuo de 1,7% ante a safra anterior, e de 1,5% ante a última estimativa. A cotonicultura em MT é predominantemente de segunda safra, com expectativa de que mais de 76% da área ocupe áreas liberadas pela soja. Portanto, devido às irregularidades vistas nas chuvas no final do ano passado, a colheita de soja pode atrasar, consequentemente impactando na semeadura do algodão. Aqui, a região oeste merece atenção. A segunda maior região produtora de MT pode ter 95% de sua área em segunda safra, e sua retração na produtividade estimada (1,8%), pode ser ainda mais significativa. Assim, mesmo que o clima volte à regularidade, pode ser que a semeadura avance além da “janela ideal”, trazendo essa ameaça à produtividade.

  • Com uma menor disponibilidade e aumento do dólar, o algodão em MT subiu 0,56%, para R$ 68,05/@.
  • Devido ao aumento do temor pairando sobre a China, as intenções de venda estão altas no mercado, com os contratos de julho e dezembro caindo 2,78% e 2,22%, respectivamente.
  • O pessimismo interno brasileiro e o aumento de investimento nos EUA fizeram com que a saída de dólares do Brasil fosse maior do que a entrada, elevando o câmbio em 2,51%.
  • Apesar da alta no frete na última semana, a elevação do preço da pluma fez com que a relação frete/pluma caísse 0,35 p.p.

A semeadura de soja em MT na safra 15/16 foi de fato conturbada. Principalmente devido às secas que a atrasaram, refletindo diretamente no algodão, pois, com o atraso da semeadura, o ciclo e a colheita da soja foram afetados, consequentemente impedindo que as sementes de algodão segunda safra tivessem campo aberto. Não à toa, a semeadura de algodão da safra 15/16 nesta semana atingiu 20,2% em MT, atraso de 13,2 p.p. ante a última safra, e de 21,3 p.p. ante a média das últimas cinco safras. De acordo com a última estimativa de safra do Imea, ainda não se espera que esses atrasos reflitam em retração na área total de algodão na safra 15/16, uma vez que ela permaneceu estimada em 576,5 mil hectares, 2,2% acima da safra 14/15. Contudo, janeiro tem sido chuvoso, e tais chuvas podem ser cruciais para a área em MT, pois esta será totalmente dependente do desenvolvimento da semeadura no mês, que pode ser atrapalhada por precipitações constantes.

semeadura_algodão_soja_MT_12.01.16

O boletim completo pode ser acessado aqui.

Fonte: Imea

тбилиси батуми турблендер погружной ценыnorth miami beach condos for saleпринципы продвиженияпол с подогревом цена

Texto originalmente publicado em:
Imea
Autor:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA