Kátia Abreu: eliminação global de subsídios às exportações é conquista para o agronegócio brasileiro

183

Na avaliação da ministra, decisão tornará competição mundial menos distorcida.

O resultado da Conferência da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Nairobi (Quênia), é extremamente positivo para o agronegócio brasileiro. As negociações resultaram na eliminação imediata dos subsídios a exportações dos países desenvolvidos e extinção gradual para nações em desenvolvimento, até o fim desta década. “Ótima conquista para nosso agronegócio. Condições de competição internacional menos distorcidas para nossos produtos”, afirmou a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu.
O acordo representa um avanço no processo de reformas das regras que regem o sistema multilateral de comércio e “foi uma vitória da OMC”, segundo integrantes da equipe brasileira. Isso porque prevaleceu o argumento dos que acreditam no sistema multilateral de comércio, e, sobretudo, para o agronegócio brasileiro.
A Conferência da OMC garante competição internacional dos produtos brasileiros em condições mais justas e equitativas.
O Itamaraty e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estiveram à frente das negociações, conduzidas pelo embaixador do Brasil na OMC, Marcos Galvão. O Mapa e o Itamaraty continuarão trabalhando para fortalecer os pilares de negociação da OMC, sobretudo para a futura eliminação e reforma dos subsídios domésticos.
Mais informações:
Assessoria de comunicação social
imprensa@agricultura.gov.br

завод именинержавеющие кастрюлиseomoz rankоформить загранпаспорт в украинеадаптер

Texto originalmente publicado em:
MAPA
Autor: Assessoria de comunicação social

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA