Lideranças do agro sustentam na Campo Grande Expo que produtividade brasileira tem tudo para crescer de forma contínua

0
520

A feira se prolonga até a próxima sexta (20) e a programação de quarta (18) se concentra na discussão dos vários aspectos relacionados à presença e à atuação feminina no agronegócio

O agronegócio brasileiro tem condições, tanto em termos tecnológicos, como de conhecimento acumulado ao longo das últimas décadas e função da competência gerencial do produtor, de multiplicar por muito a produtividade de suas culturas. Essa foi a principal conclusão do Painel de Líderes: O Poder da Criatividade Corajosa do Novo Agro Brasileiro, promovido na Campo Grande Expo, a mais jovem feira do agronegócio brasileiro, que está sendo promovida durante esta semana em Campo Grande/MS e será encerrada na próxima sexta-feira (20).

O painel foi mediado por José Luis Tejon, consultor e professor especializado em agronegócio, e contou com as participações de: Francisco Matturro, presidente de Agrishow e vice-presidente da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio; Marcelo Vieira, presidente da Sociedade Rural Brasileira; Tereza Cristina, deputada federal e presidente da Frente Parlamentar da Agricultura na Câmara Federal; e Rogério Rizzardi, coordenador geral da Show Rural Coopavel.

De acordo com Matturro, o potencial de crescimento da produtividade no caso da cana-de-açúcar, por exemplo, é enorme. “No interior de São Paulo, fazendas com produção média estacionada há muito tempo na casa de 70 toneladas por hectare, convivem com usinas onde a produtividade já está na casa de 115 toneladas por hectare. E há ainda experimentos avançados em área controladas, onde a produtividade chega a expressiva marca de 600 toneladas por hectare”, informa Matturro. “Isso mostra o gigantesco terreno próspero que temos pela frente. Confirma também a importância da mecanização, da genética, dos ajustes finos no manejo e numa atenção especial com o trato do solo e uso de insumos de qualidade”, complementou.

Com tal avaliação concorda Rizzardi, da Show Rural Coopavel. “Temos como meta entre os cooperados da Cascavel que 30% deles ultrapassem, em cinco anos, o patamar de 100 sacas de soja por hectare”, informou.

Para Tejon, a estratégia de estabelecer metas e desafios é importante para o crescimento. “Se você não tem meta, não tem estímulo para evoluir. Está faltando meta para o Brasil de forma geral”, analisou Tejon.


Quer saber mais sobre o manejo de N na sua lavoura? Clique no banner e atualize-se


Já Marcelo Vieira, da SRB, destacou aspectos ligados à questão ambiental. “Precisamos desfazer a imagem distorcida do país no exterior e em parte da opinião pública doméstica. Devemos valorizar e divulgar que o Brasil é o único País onde o produtor é responsável por 20% das reservas de vegetação existente”, afirmou. Na mesma linha, a deputada Tereza Cristina disse que a luta é contra o preconceito que ainda atrapalha o agro. “Fui no mês passado a Lucas do Rio Verde e a pujança e o dinamismo daquela região é tudo o que o Brasil deveria ser e valorizar”, concluiu a parlamentar.

Campo Grande Expo, que reúne, numa área total de 20 mil m2, 80 marcas e tem previsão de atrair um público de milhares de visitantes, prosseguirá até a próxima sexta-feira, dia 20, das 8h às 20h30, no Terra Nova Eventos (Rod MS 080, Sn, Quadra: 0 Area; Lote: 0A2 – B).

ACOMPANHE A SEGUIR A PROGRAMAÇÃO PARA QUARTA-FEIRA- 18 DE JULHO

18 de julho
Dia da Mulher do Agro

  • No Campo
    9h às 16h – Dinâmicas de Máquinas no Campo;
    8h – Curso Técnico: Manejo nada nas Mãos, com a médica vet., Adriane Zart;
  • Tatersal
    Iº Congresso Trocas Inteligentes das Mulheres do Agro no MS.
    Líder: Tereza Vendramine (Teka)
    8h – Painel de Líderes para Trocas Inteligentes
    Participantes: Tereza Vendramine, (diretora da Sociedade Rural brasileira); Dora Belico (produtora rural); Maria Eloá de Souza Rigolin (produtora Rural); Roberta Servsal (Famasul Jovem); e Leda Garcia de Souza (produtora rural);
    9h – Mulheres e Políticas Públicas;
    10h – Violência contra Mulher;
    10h40 – Sustentabilidade na Agricultura Familiar;
    11h30 – Bem Estar Animal;
    13h30 – Momento Psico Social – Constelação;
    14h – Universitárias – Jovens do Futuro do Agro / MS;
    15h – Linhas de Créditos Rurais para Mulheres, Investimentos, Taxa de juros, Consórcio para mulheres;
    16h – Congresso Nacional de Mulheres do Agro (ABAG) – Apresentação da pesquisa do perfil das mulheres do Agro/2017;
    16h40 – As Mulheres do Pantanal;
    18h – Encontro da Beleza – Network, toalete, moda serviços de beleza acessórios e muito mais;
    19h – Leilão de Gado de Corte, Realização Leiloboi e Organização BPW/CG (Eva Medeiros, Maria Eloá Rigolin e Jussara Feltrin);
    • Sala 1
    9h – Preparo de doce pastoso de Laranja com Banana – Oficina Senar/MS (Turma 1)
    14h – Preparo de doce pastoso de Laranja com Banana – Oficina Senar/MS (Turma 2)
    • Sala 2
    9h – Boas Técnicas de Produção e Aplicação do Feno no Ciclo Completo do Boi.
    Palestrante: Rafael Hendrik Bouwman, diretor comercial Bouwman;
    10h15 – Tecnologia e Manejo no Preparo do Solo.
    Palestrante: Paulo Padilha, Piccin Tecnologia Agrícola;
    14h – Tecnologia de Aplicação de Agroquímicos – Bicos Jacto – Aplicação de Alta Performance.
    Palestrante: Rafael Fachini Mamoni;
  • Espaço Certfica Agro
    8 às 18h – Formação e Manejo de Pastagens, ministrado por Consultores Seniores da Boviplan;

Mais informações:

CAMPO GRANDE EXPO  

Data: 16 a 20 de julho de 2018

Local: Terra Nova Eventos (Rod Ms 080, Sn, Quadra: 0 Area; Lote: 0A2 – B)

Horário: das 8h às 20h30

www.campograndeexpo.com.br

Fonte: Assessoria de Imprensa Campo Grande Expo

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.