As cotações do milho continuam registrando comportamentos diferentes dentre as praças acompanhadas pelo Cepea. No interior paulista, a retração de compradores, que se mostram abastecidos, pressiona as cotações.

Já nas regiões do Centro-Oeste e Sul do País, os valores estão em alta, influenciados pela posição recuada de vendedores. De modo geral, os negócios foram limitados na semana passada devido aos feriados nos Estados Unidos (na segunda-feira, 3, Dia do Trabalho) e no Brasil (nesta sexta-feira, 7, Independência).


Confira a programação desse evento organizado pelo Mais Soja em parceria com o Programa de Educação Tutorial (PET) Agronomia da UFSM!


Quanto às exportações de milho, ganharam ritmo em agosto, mas ainda seguem inferiores às de 2017 – o que sinaliza que as vendas totais desta temporada não devem ser tão intensas quanto era esperado inicialmente.

Em agosto, o Brasil exportou 2,89 milhões de toneladas de milho, volume 148% superior ao de julho, mas 45% menor que o de agosto/17, segundo a Secex.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Texto originalmente publicado em:
Cepea
Autor: Cepea/Esalq

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.