Ministério da Agricultura atende Aprosoja-GO e prorroga zoneamento para plantio do milho em Goiás

257

A prorrogação do calendário recomendado para o plantio de milho segunda safra em Goiás foi divulgada em portaria do Ministério da Agricultura nesta terça-feira (13/3). O documento retifica o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC) para a cultura este ano.

A atualização ampliou o período de plantio das cultivares mais precoces (Grupo I) para os solos com teores médios (Tipo 2) e altos (Tipo 3) de argila. A prorrogação foi de um decêndio (10 dias) em relação ao prazo estabelecido anteriormente. Assim, municípios definidos como aptos ao cultivo de milho até 20 de fevereiro, por exemplo, passaram a ter indicação de plantio até 28 de fevereiro. Municípios aptos à semeadura do cereal até 28 de fevereiro tiveram ampliação desse período para 10 de março.

Com isso, os produtores de Goiás que atrasaram o plantio de milho e não conseguiram realizar a implementação das lavouras dentro da janela recomendada anteriormente pelo ZARC, poderão ter mais segurança em casos de eventuais perdas nas áreas financiadas ou seguradas, já que o cumprimento do Zoneamento é obrigatório para deferimento de sinistros ou renegociações.

A prorrogação foi solicitado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja-GO) ao ministério em função dos atrasos observados na colheita de soja. Além da chegada mais tardia das chuvas na época de plantio, em outubro, os elevados volumes de pluviosidade registrados nas últimas semanas retardaram a retirada da oleaginosa das lavouras e, consequentemente, a implementação do milho safrinha.

Fonte: Aprosoja Goiás

Texto originalmente publicado em:
Aprosoja Goiás
Autor: Aprosoja Goiás

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.