Peso de mil grãos da soja com o uso de sementes enriquecidas e tratadas com Cobalto e Molibdênio

O objetivo deste trabalho foi verificar se sementes enriquecidas com Co e Mo aumentam o peso de mil grãos (PMG) da soja.

Autores:  ZANETTI, J. S.; CORTESE, D.; PERETTI, J. P.; WALTER, J. B.; GRAF, L. S.; PIEROZAN JUNIOR, C.

Trabalho disponível nos Anais do Evento e publicado com o consentimento dos autores.

RESUMO

Sementes de soja enriquecidas com cobalto (Co) e o molibdênio (Mo) podem aumentar a eficiência do processo bioquímico da fixação biológica de nitrogênio (FBN). Sabe-se que plantas de soja com alta FBN, estão melhor nutridas, tem maior capacidade fotossintética e assim, podem produzir grãos mais pesados.

O objetivo deste trabalho foi verificar se sementes enriquecidas com Co e Mo aumentam o peso de mil grãos (PMG) da soja. A semeadura foi realizada no dia 6/11/17, em plantio direto, com sementes enriquecidas da cultivar Pioneer 95Y21, população de 445.000 plantas ha-1, e espaçamento de 0,45 m entre linhas. A adubação de base foi de 7, 98 e 70 kg ha-1 de N, P2O5 e K2O, respectivamente. O delineamento experimental foi de blocos casualizados com 4 repetições e 10 tratamentos.

Cada tratamento era constituído por sementes com diferentes teores de Co e Mo (respectivamente, mg de Co e Mo kg-1 de sementes):

(T1) 1,4 e 13,5;

(T2) 1,4 e 9;

(T3) 1,1 e 6,7;

(T4) 1,3 e 10,1;

(T5) 1,3 e 12,1;

(T6) 1,2 e 3,9;

(T7) 0,9 e 1;

(T8) 1 e 1; (T9) 0,9 e 1;

(T10) 0,9 e 1 + Co e Mo aplicados na semente na dose de 3,5 e 35 g ha-1.

A soja foi colhida em R8. O PMG foi padronizado a 13% de umidade. Os resultados foram submetidos a análise de variância (teste F Pr>F 5% de probabilidade) e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5%. Para o PMG não houve diferença significativa entre os tratamentos.

As médias dos tratamentos T1, T2 até o T10, foram de 194, 195, 193, 197, 190, 192, 195, 191, 193, 193 g, respectivamente. A ausência de diferenças para o PMG entre sementes enriquecidas, sementes tratadas e sementes sem enriquecimento ou tratamento, pode ser devido ao solo do local, onde a fertilidade é alta e mantida nos níveis adequados, e ao elevado teor de matéria orgânica do local de 4,0%.

Concluímos que sementes enriquecidas com Co e Mo, não aumentam o PMG da soja em solo com elevada fertilidade e elevado teor de matéria orgânica.

Palavras-chave: Glycine max, tratamento de sementes, micronutrientes.

Informações do autores:     

IFPR- Campus Palmas, Paraná, Brasil

Disponível em: Anais do  XX Congresso Brasileiro de Sementes, Foz do Iguaçu, PR, Brasil, 2017.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.