Plantio de milho ocupa 437 mil hectares no Paraná e deve ser encerrado em novembro

245

O plantio de milho da primeira safra está chegando ao fim e deve ser encerrado na primeira semana de novembro. Segundo o Deral, está sendo plantada a menor área de milho nessa época do ano, com 437 mil hectares. Para se ter uma ideia, o Paraná já chegou a plantar 2,6 milhões de hectares com milho de primeira safra.

O clima está colaborando para o plantio e para o desenvolvimento inicial das lavouras e a estimativa de produção é de 3,8 milhões de toneladas, segundo o analista milho Edmar Gervásio, do Deral. O técnico ressalta que somente na região Sudoeste, que sofreu mais os efeitos dos vendavais e chuvas de granizo recentemente, as lavouras de milho estão numa situação ruim, diferente das demais regiões do Estado.

Segundo Gervásio, esta primeira safra de milho produzida no Paraná é destinada a abastecer a comercialização regional, especificamente as cadeias produtivas da avicultura e suinocultura. Em função disso, os preços do grão também estão animando os produtores. Eles estão oscilando entre R$ 23,00 e R$ 24,00 a saca, valor 29% mais alto que em igual período do ano passado.

O analista lembra, porém, que a expectativa do mercado é pressionar esses preços para baixo, com a intensificação da colheita de milho nos Estados Unidos, que neste ano deve colher uma supersafra de 345 milhões de toneladas.

Com as duas safras de milho plantadas no Estado anualmente, o Paraná colhe acima de 15 milhões de toneladas de milho, o que lhe permite manter as exportações do grão em torno de três milhões de toneladas, a mesma do ano passado.

Fonte: SEAB

banc de binary option suspendedвесь харьков региональные новостиprobinarytipsюридическая консультация адвокатbest

Texto originalmente publicado em:
SEAB
Autor:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA