Plantio Direto: Vivo e Revigorado

63

16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha reforça conceitos essenciais, apresenta novidades, discute tendências e aponta caminhos para o futuro 

Da Redação FEBRAPDP

Aproximadamente 550 pessoas entre produtores rurais, pesquisadores, técnicos, empresários e estudantes, acompanharam a extensa e abrangente programação de atrações do 16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha. O evento aconteceu entre os dias 1 a 3 de agosto, em Sorriso. Esta foi a primeira vez que o ENPDP aconteceu no Estado de Mato Grosso.

Pela primeira vez também foi adotado o formato de talks, que são palestras seguidas da interação do público com o especialista. Modelo pensado pela comissão organizadora exatamente para privilegiar a troca de ideias entre todos. De acordo com Jônadan Ma, presidente da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação, FEBRAPDP, o fomento do debate auxilia o agricultor com as suas principais dúvidas. Palestrantes e moderadores de todos os painéis estavam preparados para auxiliar na dinâmica e responder às perguntas.

A 16ª edição do evento bianual foi uma realização da FEBRAPDP, que contou com o apoio do Clube Amigos da Terra de Sorriso, Instituto Mato-Grossense do Algodão (IMAmt), Sindicato Rural de Sorriso, Fundação Sorriso e Prefeitura de Sorriso. Os patrocinadores Corteva Agriscience, Sementes Mineirão, Senar Mato Grosso, Microgeo, Monsanto, Wiser, Total Biotecnologia, TMG, Plantae – Gestão Agrícola e Lift – Desenvolvimento Humano demonstraram suas tecnologias ao público.


Informação de qualidade? Confira a programação do CONSOJA.


Após o evento, Jônadan Ma, fez um agradecimento especial a toda a comunidade, autoridades, lideranças e instituições de Mato Grosso, que viabilizaram a realização do sonho que foi o 16º ENPDP. “O evento trouxe grandes inovações para o Sistema Plantio Direto e para a agricultura sustentável. Foram dois dias de palestras e debates e mais um dia de práticas, com visitas a dias de campos, onde alguns dos maiores especialistas em diversas áreas trouxeram suas experiências de anos e décadas para compartilhar com o público que participou”, celebra o presidente da FEBRAPDP.

Para o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, o 16º ENPDP engrandeceu ainda mais o município que já é considerado a capital do agronegócio. “Além da participação de várias personalidades importantes no cenário agro brasileiro, contamos também com a presença de participantes da Itália e Argentina, que vieram aqui para conhecer a realidade e debater agricultura. O foco principal foi desenvolvimento do agro, mas o evento contribui também na medida em que deixa o conhecimento bem implantado no município e no Estado de Mato Grosso”, ressalta.

O local do Encontro, Centro de Eventos Ari José Riedi, cedido pela prefeitura de Sorriso, os temas abordados e o alto nível palestrantes agradaram os visitantes. O estudante Márcio Nikkel, sintetizou essa opinião geral: “o local foi muito bem escolhido, os tópicos das palestras foram uma escolha perfeita sobre o tema palha, a construção da palhada e consequentemente sua manutenção no campo. Participei da edição anterior em Goiânia e nesta edição, o nível continuou alto. Boa participação tanto do pessoal produtivo como pesquisadores e estudantes”.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Luimar Gemi, o evento foi muito abrangente e transcendeu o tema do Plantio Direto, carro chefe de toda a temática. “O Encontro abordou também questões mais específicas associadas às propriedades rurais e do interesse do agricultor. Tivemos, por exemplo, todos os assuntos modernos e que já, de alguma forma, são previstos para o futuro. Entre eles, a necessidade de aumento da produção de alimentos na mesma área com a manutenção da sustentabilidade”, detalha.

Para Márcio Kuhn, secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, “a essência do Plantio Direto se mantém ao longo do tempo: qualidade do solo, da palhada, melhoramento ambiental, melhoria da qualidade da água. Mas o que muda são as conclusões das pesquisas, as tecnologias de produção, que vão aperfeiçoando o processo. O 16º ENPDP é a oportunidade para que os produtores possam se atualizar e ficarem a par dos avanços conquistados. É muito importante para o município, considerado a capital do agronegócio no Brasil, estar em dia com essas mudanças e buscar a qualidade de vida”.

O 16° ENPDP contou ainda com a submissão e apresentação de 67 trabalhos científicos, provenientes de todas as regiões brasileiras, contemplando 13 estados do país. O trabalho: “Atributos Químicos de um Latossolo sob Diferentes Sistemas de Manejos na Amazônia Ocidental – Autores: Mayko S. Fernandes, Josenilton E. Almeida, Lenita A. C. Venturoso, Luciano R. Venturoso, David B. Castro, Denilson S. Lima, Lucas R. M. Araújo” foi premiado como o melhor do evento e mais 10 trabalhos receberam menção honrosa pela qualidade apresentada. Em breve os anais do 16° ENPDP estará disponível na página do evento e da FEBRAPDP.

Destaque especial durante o 16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha foi o lançamento oficial da biografia do pioneiro do Sistema Plantio Direto na América Latina, Herbert Bartz, “O Brasil possível”. Os exemplares disponíveis se esgotaram no primeiro dia de evento, quando Bartz concedeu uma noite de autógrafos.

Fonte: FEBRAPDP – Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação

 

 

Texto originalmente publicado em:
FEBRAPDP - Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação
Autor: FEBRAPDP - Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.