Por que o EaD no setor agrícola:

444
  • O agronegócio passou por uma modernização, porém muitos trabalhadores da área não conseguem realizar cursos presenciais (turno de trabalho, distância dos grandes centros, etc), abrindo um campo para a formação a distância;
  • A demanda por informações é crescente, em um momento em que 13,5 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, fechando o primeiro trimestre do ano com uma taxa de 13,2% da população desempregada segundo o IBGE;
  • Apesar do setor agrícola (cadeia envolvida com a cultura da soja) ser menos impactada no curto prazo, a busca por informações e treinamentos que possam capacitar os trabalhadores, reduzir custos ou incrementar a assertividade das operações agrícolas deverá ser uma tendência, havendo até o momento poucas opções de plataformas ou fornecedores de soluções quando se trata de formação profissional a distância no meio agrícola.

Corre e te registra AQUI.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA