Protetor solar para planta aumenta a produtividade do algodão em até 39%

3098

4ª Conferência Internacional Santa Clara – Boletim 3

Protex, desenvolvido pela Santa Clara Agrociência, foi destaque em palestra na 4ª Conferência Internacional, promovida pela empresa em Ribeirão Preto/SP e que prossegue nesta 4ª feira (20)

Aumento de até 39% na produtividade do algodão, incremento de 39 sacas por hectare na produção de batata e crescimento de 73 para 82 sacas de soja por hectare obtidos em um experimento realizado numa fazenda em Chapadão do Sul/MS. Esses são alguns ganhos obtidos por produtores que aplicaram o Protex, um produto desenvolvido e produzido pela Santa Clara Agrociência, que funciona como um “protetor solar” para diversas culturas, protegendo-as da insolação e da radiação UV.

Todos esses resultados foram divulgados na palestra Proteção Solar e Redução de Estresse Climático, proferida pelo engenheiro agrônomo Flávio Humberto Soares, diretor de Comércio Exterior da empresa, durante a 4ª Conferência Internacional, promovida esta semana, em Ribeirão Preto/SP, e que será encerrada nesta quarta-feira (20) com a inauguração de uma nova fábrica da Santa Clara, em Jaboticabal/SP.

Os benefícios do uso do Protex destacados durante a palestra são resultados de aumento da fotossíntese, da redução na temperatura média das plantas, da melhor formação de frutos e flores, da redução do abortamento de plantas e do aumento do peso de grãos e frutos. Tudo é conseguido graças a pulverização do Protex, produto que incorpora as mais avançadas tecnologias e, em razão disso, permite que não sai com a chuva, representando, portanto, um aprimoramento em comparação com produtos semelhantes que já são empregados há vários anos, sobretudo, nas culturas de frutas em geral.

4ª Conferência Internacional, que reúne um público de 350 pessoas, prossegue nesta quarta-feira (20) com as seguintes palestras: Manejo de Plantas Daninhas Resistentes a Herbicidas, proferida por Diego Wylliam do Vale, diretor comercial da Santa Clara; Práticas Fitossanitárias Inovadoras no Controle de Doenças Agrícolas; por Nykolas Schiavon; Resultados Safra 2017/18 em Manejo Sanitário, com o engenheiro agrônomo Henrique Morais; Inovações Tecnológicas e Novos Conceitos de Fertilização, com Flávio Humberto Soares, diretor de Comércio Exterior da Santa Clara; Inovações Tecnológicas e Novos Conceitos de Fertilização de Solo, por Roger Abdiel; Novas Tecnologias de Fertilizantes Nitrogenados de Liberação Gradual, com Marcelo Rolim, diretor Técnico e de Marketing da Santa Clara; e Patente Verde e Manejo Sustentável de Formigas, com Flávio Humberto Soares, diretor de Comércio Exterior da Santa Clara.

INAUGURAÇÃO DE NOVA FÁBRICA – Ao final das palestras da quarta-feira, os convidados da Conferência terão a oportunidade de participar da inauguração oficial da nova fábrica que a Santa Clara construiu em Jaboticabal, interior de São Paulo. Com área total de 4.200 m2, que exigiu investimentos da ordem de R$ 7,5 milhões, a nova unidade é dotada dos equipamentos mais sofisticados existentes no mundo para processamento de insumos de nutrição e proteção vegetal.

A partir da entrada em operação da nova planta, a empresa estima ampliar sua capacidade produtiva dos atuais 2,5 milhões de kg/litros de insumos, para algo na casa dos 26,9 milhões de kg/litros por ano. Em função desse expressivo aumento previsto para a produção, o sistema de armazenamento concebido para a nova unidade teve como princípio básico a máxima eficiência nas várias etapas do processo produtivo. Na prática, isso significa que será possível armazenar uma quantia de produtos 5 vezes superior ao sistema convencional, pois o design interno da área de processamento será verticalizado, com a utilização de paletização e movimentação de cargas praticamente todo automatizado, conferindo maior racionalização, segurança e agilidade no armazenamento e na expedição dos produtos.

Serviço:

4ª Conferência Internacional Santa Clara Agrociência

Data: 18 a 20 de junho de 2018

Local: Hotel JP – Rodovia Anhanguera km 306,5 – Ribeirão Preto/SP

Perfil Santa Clara Agrociência:

Fundada oficialmente em 1997, mas com uma bagagem de mais de 50 anos de experiência acumulada pelos seus idealizadores, a Santa Clara Agrociência é uma empresa líder em inovação tecnológica na área de nutrição e proteção vegetal no Brasil. Seu objetivo principal é contribuir com soluções inovadoras de qualidade na pesquisa, desenvolvimento, produção e distribuição de insumos que auxiliem no ganho de produtividade do agricultor brasileiro. Com fábricas em Jaboticabal-SP e Cravinhos-SP, além da sede administrativa em Ribeirão Preto, atualmente lidera um grupo de empresas que, além da Santa Clara, inclui: a CCA, voltada à produção de insumos para produtos de proteção vegetal; a Hydromol, destinada a fabricação para terceiros; e a Brazilian Seeds, focada na produção de sementes. O grupo emprega hoje 140 profissionais (considerando funcionários e promotores de venda), investe 5,3% de sua receita anual em P&D, exporta para 30 países, possui registradas 5 patentes de alta tecnologia na área e disponibiliza insumos avançados para todas as principais culturas do país.

Fonte: Assessoria de Imprensa Santa Clara Agrociência

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.