Ao longo do mês de outubro, a Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) visitou duas feiras com destaque internacional. Os encontros reuniram interessados no setor alimentício e agrícola de diversas partes do globo para discutir inovações da agricultura e a comercialização de alimentos. Com a participação da Sead, é possível debater a importância da agricultura familiar para a economia mundial, além de garantir benefícios a todos os setores.

Entre 21 e 25 de outubro, ocorreu a feira Salon International de l’Alimentation (Sial), uma das maiores feiras alimentares do mundo, no Centro de Exposições Paris-Nord Villepinte, na capital francesa. Ao todo, o evento bienal contou com a participação de 7,2 mil expositores de mais de 119 países, contou com cerca de 320 mil visitantes, além de mais de 26 representantes de governos que passaram pela feira.

A agricultura familiar é responsável por 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros. No país, o setor já corresponde a 38% do produto interno bruto agropecuário nacional e absorve 40% da população economicamente ativa do país. Por isso a importância de tratar e discutir melhorias de negócio e de comercialização do setor, garantido bom rendimento financeiro ao produtor e qualidade alimentícia ao consumidor. Um benefício mútuo.



Já a Fruit Attraction, feira do setor hortofrutícola que ocorre anualmente em Madrid, na Espanha, chegou a 10ª edição, entre 23 e 25 de outubro. O evento reuniu produtores, importadores, exportadores, bem como empresas do setor. Ao longo do evento, foram promovidas rodas de negócios, visitas guiadas, seminários e espaços gastronômicos. Neste ano, foram mais de 81 mil profissionais de 122 países diferentes — um crescimento de 19% comparado a 2017.

De acordo com o coordenador de Assuntos da Agricultura Familiar e Cooperação Internacional da Sead, Hur Ben Corrêa da Silva, ambas as feiras têm potencial para levar produtos da agricultura familiar. “Foi uma missão exploratória para conhecer as feiras e fazer recomendações de como a agricultura familiar pode participar delas, assim como já vem participando de outros eventos internacionais que a Sead promove a participação”, afirmou.

Fonte: Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.