Tóquio, Japão, e Ludwigshafen, Alemanha – 10 de julho de 2018 – Sumitomo Chemical e BASF, duas das maiores empresas químicas do mundo, anunciaram que, sob um modelo existente de desenvolvimento conjunto, a Sumitomo Chemical apresentou um pedido de registro na UE para o novo composto de fungicida, com o nome comum da ISO de metiltetraprole. O fungicida, descoberto pela Sumitomo Chemical, será registrado como Pavecto®.

O composto pertence a um grupo de fungicidas conhecidos como Inibidores de Quinona oxidase(QoI) e com a estrutura química tetrazolinona, representa uma nova química neste grupo. O Pavecto® difere dos fungicidas QoI existentes, pois controla os patógenos que desenvolveram resistência aos fungicidas de estrobilurina, atualmente disponíveis no mercado. Por meio desta colaboração, ambas as empresas demonstraram que o Pavecto® é um produto altamente eficaz para o controle de uma ampla gama de doenças, incluindo a mancha salpicada da folha (Septoriose do trigo). Além disso, a solução desempenhará um papel importante no manejo de resistência, fornecendo aos produtores uma ferramenta inovadora para proteger suas lavouras e garantir produtividade.

Kimitoshi Umeda, Diretor Adjunto responsável pela Divisão Internacional de AgroSolutions da Sumitomo Chemical comentou: “Este novo fungicida, Pavecto®, será uma solução eficaz para controlar as principais doenças e ajudar os produtores a melhorar sua produtividade e lucratividade. Iremos solicitar o registro do Pavecto® em mais países, e estamos ansiosos para disponibilizar os produtos formulados Pavecto® para mais produtores em todo o mundo. ”


Você sabe quais os elementos essenciais para altas produtividades? Saiba mais.


“A agricultura é um mercado dinâmico, com necessidades e desafios em constante mudança. O Pavecto® complementará nosso portfólio de fungicidas, cumprindo nossa promessa de apoiar a agricultura com novas soluções e tecnologias”, disse Livio Tedeschi, vice-presidente sênior da divisão de Proteção de Cultivos da BASF na Europa. “Nosso objetivo é fornecer aos produtores em toda a Europa novas ferramentas, por meio de várias formulações de alto desempenho, complementadas pelos ingredientes ativos e compostos existentes em nosso pipeline.”

A apresentação do dossiê de registro está planejada globalmente. Aguardando aprovação regulamentar, a Sumitomo Chemical e a BASF esperam a introdução no mercado de formulações baseadas em Pavecto® na UE a partir de 2022.

“O fungicida Pavecto® também será um excelente aliado para os produtores de cereais de inverno tanto no Brasil como na Argentina. A previsão é que a solução esteja disponível no mercado brasileiro entre 8 a 10 anos”, finaliza Paulo Queiroz, gerente de Marketing Estratégico da BASF América Latina.

Sobre a Sumitomo Chemical Company Limited

Sediada em Tóquio, Japão, a Sumitomo Chemical é uma das principais empresas químicas japonesas, oferecendo mundialmente uma ampla gama de produtos nas áreas de petroquímicos, energia e materiais funcionais, químicos e materiais relacionados a TI, produtos de saúde e ciências agrícolas e produtos farmacêuticos. As vendas líquidas consolidadas da empresa para o exercício de 2016 foram de $ 2 trilhões de dólares. Para informações adicionais, visite o site da empresawww.sumitomo-chem.co.jp/english.

Sobre a BASF

Na BASF, nós transformamos a química para um futuro sustentável. Nós combinamos o sucesso econômico com a proteção ambiental e responsabilidade social. O Grupo BASF conta com aproximadamente 115 mil colaboradores que trabalham para contribuir com o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e países do mundo. Nosso portfólio é organizado em 5 segmentos: Químicos, Produtos de Performance, Materiais e Soluções Funcionais, Soluções para Agricultura e Óleo e Gás. A BASF registrou vendas de € 64,5 bilhões em 2017. As ações da BASF são comercializadas no mercado de ações de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurich (AN). Para mais informações, acesse:www.basf.com.

Fonte: Assessoria de Comunicação Basf

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.