A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural realiza nesta terça-feira (5) audiência pública para debater “as melhorias na divulgação da eficiência no uso de combustíveis como incentivo ao consumo de etanol”.

Autor do requrimento para o debate, o deputado Sérgio Souza (PMDB-PR) lembra que a Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC), a que se obriga o Brasil, prevê o aumento da participação de bioenergia sustentável na matriz energética nacional para 18% até 2030, expandindo o consumo de biocombustíveis em geral e aumentando a oferta de etanol.

O documento-base para definir a estratégia de implementação da NDC brasileira, segundo ele, está em elaboração pelo governo federal, com tratamento diferenciado ao setor sucroenergético no financiamento da produção, na tributação e na pesquisa tecnológica.

Na avaliação do deputado, é importante que o País aproveite o momento e adote medidas de incentivo à produção e consumo do etanol, o que traria, segundo ele benefícios à economia, com a geração de empregos no setor, ao orçamento doméstico e à saúde pública.

Convidados
São convidados para a audiência representantes do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia; do
Instituto Nacional de Eficiência Energética; do Ministério de Minas e Energia; e entidades ligadas ao setor.

O debate está marcado para o plenário 6, às 14 horas.

Da Redação – RN

NO COMMENTS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.