As comercializações de algodão em pluma seguem lentas. Compradores consultados pelo Cepea sinalizam dificuldades na efetivação de novos contratos, visto que há tipos diferentes de algodão em volumes ofertados por vendedores, mas com um preço único para o lote.

Como o ritmo de exportação segue firme nesta temporada (pode superar 120 mil toneladas em janeiro, de acordo com a Secex), o produto de melhor qualidade acaba sendo destinado ao mercado externo. Para tipos melhores, especialmente, vendedores consultados pelo Cepea seguem firmes nos preços pedidos.

Entretanto, como a maior parte negociada tem sido de tipos inferiores, os valores estão em leve queda. Entre 22 e 29 de janeiro, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, recuou apenas 0,14%, fechando a R$ 2,9467/lp na terça-feira, 29.



Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Texto originalmente publicado em:
Cepea
Autor: CEPEA

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.