Avanços na produção de soja foram destaques na abertura do CBSoja

0
418

Começou nesta segunda-feira (11), em Goiânia (GO), o VIII Congresso Brasileiro de Soja (CBSoja). O evento, realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Soja), ocorre no Centro de Convenções e segue até o dia 14 de junho. A abertura do congresso contou com a presença do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Bartolomeu Braz, que destacou os avanços na produção de soja em Goiás e no Brasil. “Nossa soja é desenvolvida com ciência, tecnologia, produtividade e sustentabilidade. Além é claro, do trabalho fundamental dos produtores rurais, que fazem de nós, um dos maiores produtores da cultura no mundo”, disse em seu discurso.

Braz que também é presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil e Goiás), apontou a logística e infraestrutura como desafios para o avanço do setor no Brasil. “Precisamos investir em modais, logística e mais infraestrutura para escoar nossa produção. Com isso, ganhamos em competitividade e recordes de produção”, ressaltou.

CBSoja

Para o presidente do CBSoja, Alexandre Cattelan, o objetivo do congresso é debater os desafios de produção da cadeia produtiva da soja e as inovações para a cultura. “Procuramos construir uma agenda ampla que abrange os principais desafios atuais e, ao mesmo tempo, mapeia as perspectivas tecnológicas para a cultura”, explica Cattelan.

Entre os destaques da programação estão a inclusão de palestras e conferências sobre as novas tecnologias de edição de genoma (como CRISPR/CAS9) e ferramentas digitais que auxiliam na busca de maior produtividade, agilidade, eficiência na gestão e na sustentabilidade dos sistemas produtivos.

Ao longo do congresso também serão apresentados trabalhos científicos de diversas áreas que envolvem a cultura de soja. De acordo com Cattelan, 338 foram inscritos e estarão expostos como pôsteres na programação do evento. “Teremos também uma feira com mais de 50 expositores e apoiadores de diferentes seguimentos, que levarão produtos e serviços para os produtores e profissionais que trabalham com soja”, explica o presidente.

Mercado

Em Goiás, o complexo soja foi responsável por puxar o resultado positivo da balança comercial no mês de abril, com 62,91% das exportações realizadas por Goiás no período. No total, a negociação de produtos goianos com outros países alcançou US$ 706,3 milhões, sendo US$ 444 milhões de soja. Cattelan explica que a importância do Estado para o agronegócio foi um dos motivos para trazer o congresso novamente para Goiânia. “A localização também é estratégica para receber participantes de todo o País”, afirma o presidente.

Fonte: Sistema Faeg

Texto originalmente publicado em:
Sistema Faeg
Autor: Faeg

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.