A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços acentuadamente mais altos. As cotações se recuperaram das mínimas em mais de três semanas atingidas ontem.

As altas dos mercados financeiros, do petróleo e dos vizinhos, soja e milho, também sustentaram a valorização. Os maiores preços pagos pelo Egito, maior importador mundia, abriram espaços para o reajuste. Há também, o indicativo de menores exportações da França.

No fechamento de ontem, os contratos com entrega em dezembro de 2020 eram cotados a US$ 5,56 1/4 por bushel, alta de 14,25 centavos de dólar, ou 2,62%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em março de 2021 eram negociados a US$ 5,64, ganho de 13,25 centavos de dólar, ou 2,4%, em relação ao fechamento anterior.

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Gabriel Nascimento - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.