Descubra como Plano ABC+ irá impactar a agricultura brasileira e auxiliar no combate ao aquecimento global.

aquecimento global provocado por atividades humanas desperta preocupação com a qualidade da vida da população como um todo. Nesse contexto, o Brasil está sempre apoiando ações nacionais e internacionais capazes de mitigar as consequências negativas dessas mudanças.

Todos os setores precisaram se comprometer em reduzir as suas emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE). Para agropecuária especificamente, foi lançado em 2012 o Plano ABC, oficialmente denominado “Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas para a Consolidação de uma Economia de Baixo Carbono na Agricultura” – um programa que gerou excelentes resultados.

Devido ao seu sucesso, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançou em abril de 2021 o Plano ABC + – uma atualização do programa, com metas mais ousadas e que devem aprimorar a sustentabilidade da produção agropecuária ao longo da próxima década.

O plano ABC superou as expectativas

O Plano ABC teve por finalidade a organização e o planejamento de ações a serem realizadas para a adoção de tecnologias de produção sustentáveis com ganhos produtivos e baixa emissão de carbono entre os anos de 2010 e 2020.

Com isso houve a expansão de atividades como:

SAIBA MAIS

O PLANO ABC ENSINA A JUNTAR IDEIAS A PROMOVER MELHORIAS

Dessa forma, o Brasil conseguiu mitigar 170 milhões de toneladas de CO2 em uma área de 52 milhões de hectares, superando em 46,5% a meta estabelecida.

plano abc na agricultura

plano abc na pecuária

Um upgrade no Plano ABC

O sucesso do Plano ABC fez com que o governo ousasse ainda mais nas metas do novo programa. Chamado de Plano ABC +, o objetivo agora é expandir a adoção daquelas atividades listadas no Plano ABC para, pelo menos, outros 72,68 milhões de hectares e assim mitigar cerca de 1,1 bilhão de toneladas de carbono até 2030.

Além disso, foram incorporadas ao programa, novas atividades como adoção de bioinsumos e expansão de áreas irrigadas.

SAIBA MAIS

A PRODUÇÃO AGRÍCOLA E OS SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO NO BRASIL

O que foi observado para seguir com o ABC+

Para definir as estratégias do novo Plano, foi levada em consideração uma abordagem integrada das áreas produtivas, com estímulo à regularização ambiental, potencializando a conservação dos recursos naturais, mas sem prejudicar a produtividade e a renda do produtor. Também foram consideradas as estratégias de mitigação das emissões dos GEE.

Um outro aspecto levado em consideração foi o estímulo da adoção e manutenção de sistemas, práticas, produtos e processos de produção sustentáveis. Para um manejo eficiente dos sistemas de produção agropecuários e do fortalecimento de sua resiliência e sustentabilidade é essencial a utilização de práticas conservacionistas.

Essas práticas compreendem um complexo de tecnologias para manejo integrado do solo, da água e da biodiversidade, capazes de garantir a eficiência e a rentabilidade da produção agrícola, ao mesmo tempo que promovem a conservação dos recursos naturais e do ecossistema.

Estratégias do Plano ABC+

Para complementar o bem-sucedido Plano ABC, foram estabelecidos novos objetivos no Plano ABC+, como:

  • Manutenção e adoção de sistemas de produção conservacionistas;
  • Fortalecimento do uso de tecnologias e assistência ao produtor;
  • Estímulo à pesquisa e desenvolvimento de práticas sustentáveis de produção;
  • Reconhecimento e valorização de produtores que adotam práticas sustentáveis;
  • Fomento e diversificação de fontes econômicas, financeiras e fiscais vinculados aos sistemas produtivos sustentáveis;
  • Aprimoramento do sistema de gestão das informações do ABC+, para efetivação do monitoramento, avaliação e comunicação de resultados;
  • Incentivo à regularização ambiental das propriedades rurais.

Com isso, sempre buscando aumentar a produtividade e renda do produtor e ao mesmo tempo controlar as emissões de gases do efeito estufa.

As estratégias do ABC+ também preveem estímulo a importantes produtos agrícolas do país. Nesse sentido, a certificação agrega valor aos produtos. Hoje já é possível encontrar nos mercados, alimentos com o selo “baixa emissão de carbono” ou “carbono neutro”. A certificação acontece com base em evidência científica e garante que foram produzidos por agricultores conscientes e que buscam a mitigação de CO2.

Com o Plano ABC+ em ação espera-se que nos próximos anos o número de produtos certificados aumente ainda mais.

Ao final, com todo esse estímulo à inovação e uso de tecnologias sustentáveis na agricultura, o Brasil tem condições de aumentar sua produção agrícola no âmbito econômico, social, ambiental e entregar aos consumidores alimentos seguros e de baixa emissão de GEE.

Fonte: CropLife Brasil

Principais fontes:

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Disponível em: https://www.embrapa.br/en/tema-agricultura-de-baixo-carbono/sobre-o-tema#:~:text=O%20Plano%20ABC%2C%20como%20j%C3%A1,e%20combate%20ao%20aquecimento%20global. Acesso em 19/10/2021

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/plano-abc/plano-abc-agricultura-de-baixa-emissao-de-carbono Acesso em 19/10/2021

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/plano-abc  Acesso em 20/10/2021

Lançamento do Plano Nacional de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono – 2030 (ABC+). Disponível em: https://youtu.be/rfo4nwQM-5A Acesso em 19/10/2021. Acesso em 19/10/2021

Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária com Vistas ao Desenvolvimento Sustentável (2020-2030). Visão estratégica para um novo ciclo. Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/plano-abc/arquivo-publicacoes-plano-abc/abc-portugues.pdf Acesso em 19/10/2021

Texto originalmente publicado em:
CropLife Brasil
Autor: CropLife Brasil

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.