Na última quinta, 14, durante a ExpoAgro, na Argentina, foi autorizado a semeadura e a comercialização do milho PowerCore Ultra Enlist, da Corteva. Este chamado, “super milho” combina três diferentes modos de ação contra insetos-praga + resistência a 4 diferentes grupos de herbicidas.

Em conversa com a efarmNews Argentina, o Gerente de Marketing da Corteva, Julien Sudera explica que se trata de uma evolução clara da tecnologia para controle de pragas e plantas daninhas. Auxiliará no manejo de Amaranthus quitensis resistente ao glifosato, bem como oferece tolerância a Helicoverpa, Diatraea e Spodoptera.

Segundo o governo Argentino, a estimativa é de 9,2 milhões de hectares de milho sejam semeados na próxima safra. Já a indústria de sementes do país traz números menos expressivos, entre 6 a 6,2 milhões de ha. Um salto de mais de 4 milhões de ha em relação a safra 2015/16, quando foram removidos os impostos de exportação.



Sudera acredita, que através das marcas Pioneer e Brevant, a Corteva assumirá 30% do negócio de sementes de milho na Argentina.

Após a fusão de Dow e DuPont para formar a Corteva, a nova empresa possui na Argentina três estações experimentais, uma em Pergamino (focada em germoplasma temperado), uma na Província de Córdoba (focada em germoplasma tropical) e a outra em Oran ( Província de Salta, no Norte).

“Atualmente, estamos nos unindo aos dois programas de melhoramento. De fato, os criadores estão contentes porque agora eles podem ter acesso a uma ampla base de germoplasma”, acrescenta Sudera. O funcionário observou que a Argentina é o terceiro maior mercado depois dos EUA e do Brasil.

Confira a notícia completa na eFarmNewsAr, clicando aqui.

Texto originalmente publicado em:
eFarmNewsAr 
Autor: eFarmNewsAr 

NO COMMENTS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.