InícioDestaqueCTECNO Parecis da Aprosoja-MT contribui para desenvolvimento de MT e do Brasil

CTECNO Parecis da Aprosoja-MT contribui para desenvolvimento de MT e do Brasil

Produtores mato-grossenses de soja e milho se deslocaram de várias regiões do estado para conhecerem os resultados das pesquisas feitas pelo Centro Tecnológico (CTECNO), da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT). O evento ocorreu nesta quinta-feira, (18.04), na Fazenda Agro Luz, em Campo Novo do Parecis.

No local, os agricultores receberam informações sobre os protocolos de rotação de culturas, estratégias de consórcio com milho e práticas de adubação nitrogenada. (Veja todos os detalhes de cada um dos protocolos ao final da matéria).

O presidente da Aprosoja-MT, Lucas Costa Beber, esteve presente no evento e garantiu que os resultados divulgados aos produtores causam efeito positivo na economia estadual e nacional.

“Este evento é importante para a sustentabilidade econômica e ambiental, pois com o conhecimento proporcionado no CTECNO, os agricultores aumentam a eficiência da produção do seu solo que culminará para o desenvolvimento socioeconômico de Mato Grosso e do Brasil, pois os produtores conseguirão aplicar de forma mais inteligente seus recursos, conseguindo colher mais e em menor área de produção”, disse.

O pesquisador especialista da Fitolab, Paulo Garollo, foi ao CTECNO Parecis pela primeira vez e ficou impressionado com a grande quantidade de pesquisas realizadas para auxiliar os produtores no campo. No evento, Paulo palestrou sobre como fazer o manejo da cigarrinha-do-milho, inseto responsável por causar danos na lavoura.

“O que a Aprosoja-MT está conseguindo fazer aqui é algo impressionante. É um evento de muita grandeza. Eu andei todas as estações e vi toda matéria apresentada, além de toda pesquisa que o pessoal está fazendo. A entidade está de parabéns pela iniciativa de manter essa área com esse volume de pesquisas e informações técnicas”, elogiou.

Produtor rural em Campo Novo do Parecis, Ari Velke, viu os dados da pesquisa e citou a importância dos produtores estarem cientes de tantas informações. “Para nós, é muito importante, uma vez que ganhamos experiência vendo como funciona o manejo de plantas para cobertura. Isso nos traz benefício e desenvolvimento para nossas áreas arenosas”, afirmou.

TEMAS ABORDADOS

“Como buscar estabilidade na produção: a experiência da safra atual”. Detalha como foi a safra 2023/2024 e técnicas para safras mais seguras no futuro.

“Pontos importantes a se considerar na mecanização agrícola”. A mecanização agrícola se trata do uso de maquinário e ferramentas para o desenvolvimento das lavouras dos produtores.

“O simples bem feito dá resultado: consórcio com milho e mix de coberturas”. No consórcio com o milho, culturas de capim são semeadas em meio à plantação do cereal, visando pastagem na safra seguinte. Já no mix de coberturas, produtores optam por semearem duas combinações diferentes de plantas, também ao mesmo tempo, mas para serem cultivadas dentro da mesma safra.

“Adubação nitrogenada em milho; como ser mais eficiente”. Na adubação nitrogenada, os produtores podem aplicar o adubo rico em nitrogênio no solo de suas propriedades, podendo melhorar a qualidade da pastagem.

Autor/Fonte: Daniel Guimarães/Aprosoja MT



 

FONTE

Autor:APROSOJA MT

Site: Aprosoja MT

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares