Um dos grandes desafios no desenvolvimento de tecnologias para o produtor rural é obter um melhor manejo do complexo de percevejos na soja. A importância do controle torna-se relevante visto que os percevejos causam danos diretos na produtividade, além de provocar maturação anormal nas plantas atacadas (“soja louca”) e também ocasionar necroses nas sementes (ALVES, 2020).

De acordo com Conde et al. (2019), a maior parte das aplicações de inseticidas em lavouras monitoradas durante o estudo foi direcionada aos percevejos, resultando numa média de 2,1 aplicações destinadas ao complexo na safra 2018/19. Todavia, muitas dessas aplicações apresentam eficiência de controle abaixo do esperado, devido à seleção de insetos resistentes e limitada infiltração do inseticida no dossel inferior das plantas.

Nesse contexto, a Tecnologia Block surge como uma ferramenta promissora no manejo integrado de percevejos. As cultivares de soja dotadas de genética Block apresentam maior tolerância ao ataque de percevejos, minimizando sua ação destrutiva e reduzindo o impacto econômico.

A Embrapa é a única empresa com genética Block disponível no mercado, contendo cinco variedades com esse selo. A cultivar BRS 1003IPRO (6.3 MR1,2 e 7.0 MR3) possui uma adaptação muito ampla e é a primeira variedade INTACTA que recebeu essa tecnologia. Além desse genótipo, existem mais três cultivares convencionais: BRS 391 (6.4 MR2), BRS 523 (5.7 MR1) e BRS 539 com genética Shield (6.2 MR1,2). Por fim, a cultivar BRS 543RR (6.0 MR2) é um material precoce e resistente ao glifosato, sendo uma ótima opção de refúgio para áreas de soja INTACTA e garantindo ainda boa produtividade.

Um estudo conduzido na safra 2018/19 no município de Florínea – SP buscou comparar cultivares dotadas de tecnologia Block (BRS 543RR e a BRS 523) com cultivares de padrões comerciais (BRS 433RR e a 96Y90), de acordo com os descontos finais nos grãos levando em conta um nível de controle dobrado (4 percevejos/m). Os resultados estão na Figura 1.

Figura 1. Número de aplicações de inseticidas, percentual de grãos avariados pela avaliação comercial, percentual de grãos esverdeados e percentual de desconto final para cada genótipo sob manejo com nível de controle de 4 percevejos/m, na safra de 2018/19 em Florínea – SP.

Fonte: Embrapa – Radar da Tecnologia Soja. Confira a imagem original clicando aqui.

Os resultados demonstraram que o genótipo BRS 523 apresentou menor desconto por grãos avariados totais quando comparado com a cultivar BRS 433, mesmo com uma aplicação a menos de inseticida. Além disso, o desconto por grãos esverdeados foi cerca de 6 vezes menor em relação ao segundo genótipo. Considerando que existe uma tolerância de 8% nos resultados, a diferença final entre os dois genótipos foi de 13% no desconto final, sendo a cultivar com tecnologia Block a que apresentou melhor resultado.

Ademais, o estudo comparou o genótipo 543RR com a cultivar 96Y90, ambos materiais de ciclo mais tardio. A primeira cultivar apresentou menores descontos tanto por grãos avariados quanto por grãos esverdeados. Ao final, a cultivar contendo o selo Block apresentou novamente os melhores resultados, com uma diferença de 8,5% no desconto final.

Portanto, as cultivares dotadas de genética Block têm demonstrado maior tolerância ao ataque de percevejos, o que minimiza a ação destrutiva da praga e assegura menores descontos finais por danos nos grãos. No entanto, ressalta-se que a proteção conferida à lavoura pela tecnologia Block em situação de surtos populacionais de percevejos não dispensa o uso de inseticidas, ou seja, é imprescindível realizar um monitoramento correto da lavoura e empregar o controle químico quando necessário.

Clique aqui para acessar o folder da Tecnologia Block

Redação: Grupo de Manejo e Genética de Pragas – UFSM

Elaboração: Rodrigo Krammes, Graduando em Agronomia

Revisão: Henrique Pozebon, Mestrando PPGAgro

 REFERÊNCIAS: 

ALVES, E. B. O percevejo marrom da soja. PROMIP, Manejo Integrado de Pragas. 9 de mar. de 2020. Disponível em https://promip.agr.br/o-percevejo-marrom-da-soja/

CONTE, O.; OLIVEIRA, F.; HARGER, N.; CORRÊA-FERREIRA, B.S.; ROGGIA, S.; PRANDO, A.M.; POSSAMAI, E.J., REIS, E.A.; MARX, E.F. Resultados do manejo integrado de pragas da soja na safra 2018/19 no Paraná. Embrapa Soja Agosto de 2019. Disponível em https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/201452/1/Doc-416-OL-2.pdf.

EMBRAPA. Tecnologia Block. Portal Embrapa. Disponível em https://www.embrapa.br/soja/block/inicio.

PAINEL EMBRAPA. Painel: Como as cultivares Block podem ajudar no manejo integrado de percevejos na soja?. Soja Radar da Tecnologia. 21 de jul. de 2020. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=6RSkBrjidkk&t=3326s.

PAINEL EMBRAPA. Painel: Como as cultivares Block podem ajudar no manejo integrado de percevejos na soja?. Soja Radar da Tecnologia. 21 de jul. de 2020. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=6RSkBrjidkk&t=3326s.

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.