Milho

Está colhida aproximadamente metade (47%) da área cultivada com milho destinado à colheita do grão nesta safra, com avanço significativo nesta fase da cultura beneficiada pelo clima quente e seco. Parte equivalente a 16% da área está madura, 25% em enchimento de grãos, 6% em floração e os demais 6% em germinação e desenvolvimento vegetativo.

A safra é mais adiantada na parte Noroeste da metade Norte do Estado, apresentando boa qualidade do produto, com baixa porcentagem de grãos quebrados e trincados. Nas regiões Serrana, Metropolitana e Sul, está sendo iniciada a colheita da cultura.

O desenvolvimento na cultura é ótimo no Estado, com condições de clima favoráveis até o momento. A produtividade das lavouras continua apresentando ótimos rendimentos, variável entre regiões; há relatos de que, em algumas lavouras, a produtividade ultrapasse 220 sacos por hectare no Alto da Serra do Botucaraí.

Nas áreas com a cultura de segundo plantio, as chuvas favoreceram o desenvolvimento das plantas. Nessas áreas, estão sendo finalizados a adubação nitrogenada de cobertura e o controle de ervas daninhas. Nas regiões da Fronteira Noroeste, Missões e Central, 100% da área prevista para segundo plantio foi implantada. Na Fronteira Oeste, segue o plantio.



Mercado (saca de 60 quilos)

O cereal teve um leve acréscimo no preço de comercialização nessa semana, cotado a R$ 32,69/sc. em média no RS; o preço da semana anterior foi de R$ 32,53/sc. O preço para o milho disponível em Cruz Alta foi de R$ 38,00/sc. (aumento de R$ 1,00).

Milho silagem

Nas regiões Celeiro, Noroeste Colonial e Alto Jacuí, o milho para confecção de silagem está com excelente crescimento. Nestas lavouras constatou-se maior incidência de lagarta-do cartucho.

Fonte: Emater/RS

Texto originalmente publicado em:
Informativo Conjuntural - nº1543
Autor: Emater/RS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.