Federarroz contribui com propostas para o Agro+RS

0
511

Entre as proposições da entidade ao plano lançado estão política agrícola diferenciada e recursos para o Irga

O vice-presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Alexandre Velho, participou nesta segunda-feira do lançamento do programa Agro+RS, em cerimônia no palácio Piratini, em Porto Alegre (RS). Iniciativa da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi) em conjunto com entidades representativas do agronegócio gaúcho, a proposta é fortalecer o setor produtivo em uma parceria público-privada com revisão de processos, metas gerenciais e ferramentas de gestão que somam simplicidade e objetividade.

Segundo Velho, a Federarroz enxerga que esta é mais uma oportunidade de apresentar algumas demandas e identificar gargalos do setor. \”Buscamos uma política agrícola diferenciada para o setor do arroz através de instrumentos de garantia de produção e renda mais adequadas à produção de arroz, permitindo a rentabilidade dos arrozeiros em sintonia com os custos de produção e preços de mercado. Queremos também fomentar exportações e acessar mercados, derrubando barreiras tarifárias\”, salienta.

Entre outros pontos apresentados pela Federarroz no programa estão a ineficiência do seguro rural, as barreiras sanitárias, com a burocracia excessiva para o registro de defensivos e a falta de controle na fronteira, além da rastreabilidade do produto importado e as relações de trabalho no campo, assim como ações de marketing para a valorização do setor. A falta de recursos financeiros para investimentos e recursos humanos para pesquisa e extensão destinados ao Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), também foram preocupações apontadas pela federação.

Fonte: Federarroz

Texto originalmente publicado em:
Federarroz
Autor: Imprensa Federarroz

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.