A nova estimativa de safra 18/19 divulgada pelo Imea trouxe novas leituras para a soja em MT. Comparado o levantamento anterior, não houve alteração na estimativa de área, que se manteve em 9,62 milhões de hectares.

Em relação à produtividade, observou-se uma redução de 1,6% em comparação com a previsão anterior e uma queda de 3,4% em relação à produtividade da safra 17/18, ficando em 55,34sc/ha, devido às condições climáticas desfavoráveis registradas em dez/18, como chuvas irregulares e altas temperaturas.

Dessa maneira, como resultado a previsão para a produção no Estado apresentou retração de 1,6% ou 511 mil toneladas ante a última estimativa, ficando em 31,94 milhões de toneladas.

Entretanto, ainda restam 62,6% do total da área de soja para ser colhida. Dado a isso, o acompanhamento da colheita em fev/19 será importante para a consolidação, da produção.

Confira os principais destaques do boletim: 

• O preço da soja disponível em MT fechou a semana com aumento de 0,96% e média de R$ 60,63/sc, devido, sobretudo, ao aumento de 36,08% do prêmio no Porto de Paranaguá, apesar da queda do dólar.

• A moeda americana desvalorizou 1,74% nesta semana. Esta retração foi ocasionada, principalmente, devido à sinalização do Federal Reserve (banco central dos Estados Unidos) de manter seus juros estáveis.



• O prêmio corrente para o porto de Paranaguá-PR fechou a semana com elevação de 36,08%, devido à alta demanda no mercado internacional.

• Apesar de as condições climáticas não serem tão favoráveis durante a semana anterior, a colheita de soja no Estado avançou 11,77 p.p., com 37,38% da área total estimada colhida.

Expectativas diversas: 

Analisando a terceira estimativa de soja para a safra 18/19 em nível regional em Mato Grosso, podemos observar oscilações variadas de região para região, devido, sobretudo, às específicas condições climaticas que cada uma delas possui.

A região nordeste, por exemplo, apresentou uma produtividade de 55 sc/ha, aumento de 1,4% quando comparado ao levantamento anterior, e redução de 0,71% se comparado com a safra 17/18.

Em contrapartida, as regiões oeste e sudeste, que concentram, juntas, municípios muito importantes na produção da oleaginosa no Estado, registraram produtividade média de 56,03 sc/ha e 54,65 sc/ha, queda de 4,03% e 3,85% ante a safra anterior, respectivamente.

Tais reduções são justificadas pelas chuvas irregulares durante o mês de dezembro e pela alta temperatura nesse mesmo período. Como resultado, a produção total estimada do MT foi de 31,94 milhões de toneladas, cerca de 1,8% menor que a safra 2017/18.

Confira aqui a 3ª estimativa do Imea para a safra de soja 2018/19.

Fonte: Imea

Texto originalmente publicado em:
Imea
Autor: IMEA

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.