Com a data limite para um acordo entre EUA e China se aproximando as commodities no mercado internacional tem fechado em baixa nesta semana, as reuniões entre os países começaram ontem com a chegada do ministro chinês, Liu He em Washington. No mercado nacional os preços se mantiveram estáveis e com pouca comercialização o que é reflexo do mercado internacional e da queda do dólar.

O que preocupa a maioria dos Estados brasileiros é a norma de compensação das perdas provocadas pela Lei Kandir, a terça foi marcada pela reunião de governadores com Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). A reunião foi para pressionar a votação do projeto que alinha os repasses da União, de compensação da lei, para os estados.

O Imea divulgou o custo de produção da soja na safra 19/20, os dados apontam que a elevação é 8% maior que o registrado ano passado. Apesar da queda do dólar que diminuiu o preço dos defensivos, o custo ainda permaneceu elevado, registrando média de R$ 3.100 por hectare no Mato Grosso.

O avanço da massa de ar seco no Rio Grande do Sul deixa as temperaturas elevadas e o tempo firme em todo o estado, no Paraná e Santa Catarina a chuva deve vir acompanhada de trovoadas e vento. Já no Centro do país a chuva vem de forma generalizada com risco de temporais principalmente no Mato Grosso do Sul. No Sudeste do país deve haver chuva forte no interior paulista, no restante da região deve haver pancadas isoladas.

Redação: Daniela Vargas – Equipe Mais Soja

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.