A cultura acelera o processo de emissão da espiga e florescimento, momento este muito suscetível a geadas, como as que ocorreram no final de semana em boa parte das regiões produtoras. Nesse sentido as regiões mais adiantadas de Ijuí e Santa Rosa estão 23% e 32%, respectivamente, nesta fase.

Na média estadual as lavouras atingem, no momento, 75% em desenvolvimento vegetativo, 22% em floração e 3% em enchimento de grão. A formação da geada deixou os produtores apreensivos com a possibilidade de danos à cultura. Geadas nesta época costumam causar sérios danos e diminuir significativamente a produtividade da cultura, mas até o momento poucos sintomas de danos são observados.


Quer produzir Mais Soja?


Tecnicamente há necessidade de três a quatro dias para visualizar os sintomas de possíveis
danos às plantas. A avaliação dos danos será mais fácil e precisa durante as semanas subsequentes, quando poderão ser mais bem observados os possíveis prejuízos nas lavouras atingidas.

Até o momento as lavouras apresentam excelente desenvolvimento, com baixa incidência  e doenças e pragas. Produtores seguem realizando os manejos adequados que contribuem para a manutenção da boa qualidade das lavouras até o momento.

A ocorrência de granizo na quinta-feira foi outro fato que provocou danos em áreas de alguns municípios do Norte e Noroeste do Estado. Porém, estes foram em áreas pontuais e os danos, a priori, de pequena escala.

Fonte: Emater/RS

Texto originalmente publicado em:
Informativo Conjuntural 1.517
Autor: Emater/RS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.