Mato Grosso tem potencial para semear área total de milho dentro da janela ideal

0
2617

Na última quinta-feira, o USDA divulgou as exportações de milho dos EUA referentes à semana encerrada no dia 20/10, que ficaram em 799,3 mil toneladas de milho, totalizando 23,3 milhões de toneladas embarcados na safra 16/17. Em relação ao acumulado das exportações na safra 16/17, o departamento estima 84,9% acima do que foi visto no mesmo período de 2015, a grande procura vem sendo pautada, principalmente, pelo preço do milho no Golfo dos EUA estar mais competitivo no mercado externo. Embora o USDA tenha estimado as exportações abaixo das expectativas do mercado para esta última semana, exibindo uma redução de 21,8% em relação ao relatório anterior, unanimemente a demanda pelo milho dos EUA continua aquecida e ainda pode apresentar bons volumes deexportação para o país, até que a safra da América do Sul entre no mercado externo.

  • O contrato para dez/16 na CBOT exibiu baixa de 0,27%. A desvalorização deve-se, principalmente, ao avanço da colheita norte-americana.
  • O contrato para nov/16 na BM&F encerrou a semana com queda de 2,83%, cotado em média a R$ 39,75/sc. A movimentação do mercado foi pautada, entre outros fatores, pela
    boa expectativa em torno da 1º safrade milho no país e ao recuo nas exportações brasileiras.
  • O dólar apresentou baixa de 0,99% na última semana, cotado em média a R$ 3,15. A queda foi pautada, sobretudo, pela expectativa de entrada de recursos externos no país.
  • A paridade para jul/17 registrou recuo de 3,48%. A queda do dólar, aliada à desvalorização nas cotações da CBOT (dez/16), puxou a paridade para baixo.

As boas condições climáticas vêm favorecendo o ritmo dos trabalhos a campo da nova safra de soja e, ao que tudo indica, podem influenciar na hora da colheita. Com isso, a safra de milho já começa a se delinear, assim, foi estimada a janela de semeadura do milho com base na data de semeadura, do ciclo utilizado nas sementes (precoce, normal e tardio), e a previsão semanal da colheita da soja. Com isso, Mato Grosso tem potencial para semear a área total, estimada em 4,24 milhões de hectares, dentro da janela ideal de semeadura do cereal. Quando comparada às safras passadas, a previsão de semeadura tem potencial de se encerrar no mesmo período quando se encontravam 65% do milho já a campo. Esta antecipação da semeadura pode favorecer no período de desenvolvimento da planta, contudo, as condições externas devem ser apropriadas, tanto na colheita da soja quanto na semeadura do milho.semeadura_milho

O boletim completo pode ser acessado aqui.

Fonte: Imea

Texto originalmente publicado em:
Boletim semanal do Milho - IMEA
Autor: Imea

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.