O mercado da soja em grãos fechou com os preços estáveis, sem muitas variações com exceção para o farelo que ficou em alta e para o óleo que fechou em baixa. Os contratos futuros da Bolsa de Chicago não apresentaram grandes variações. No milho os preços também não tiveram grandes oscilações, porém o setor ainda tem oferta restrita.

Segundo o IBGE o Produto Interno Bruto (PIB) registrou crescimento de 1,1% em relação a 2017, nos dois anos anteriores a retração chegou a 3,5% em 2015 e 3,3% em 2016. O setor agropecuário teve alta de 0,1%, reflexo do bom desempenho da agricultura, o café representou 29,4%, o algodão 28,4%, trigo 25,1% e a soja 2,5. As culturas que registraram queda foram o milho com -18,3%, laranja -10,7%, arroz -5,8% e a cana -2,0%. O total do PIB em 2018 foi de 6,8 trilhões em 2018.

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) divulgou que o preço do leite subiu 10,2% em fevereiro se comparado ao mês anterior, a pesquisa aponta que a média líquida do segundo mês do ano foi de R$ 1,4146 por litro, valor que representa R$ 0,13 a mais do que em janeiro se comparado com o mesmo período do ano anterior o aumento é 33,8%. O aumento se deu pela competitividade entre as empresas já que houve baixa na produtividade.

A previsão do tempo para a quinta-feira é sol no Sul do país, pode haver pancadas de chuva no litoral de Santa Catarina e no norte do Paraná. No Sudeste do país a chuva pode chegar a 90 mm no Rio de Janeiro. No Centro-Oeste os maiores acumulados de chuva devem ser entre Mato Grosso e Goiás, no restante o sol deve aparecer e as temperaturas seguem elevadas.

Redação: Daniela Vargas – Equipe Mais Soja

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.