Os preços da soja subiram pelo segundo dia consecutivo no Brasil. Nesta terça-feira, apesar das quedas de 0,31% no dólar e de 0,77% em Chicago, os preços se recuperaram em preparação para novas investidas da China, que, segundo rumores que ouvimos hoje em Genebra e em Buenos Aires, deverá voltar a comprar da América do Sul ainda na safra velha, nos meses de outubro e novembro, cujos prêmios subiram.

Assim, os preços médios que os compradores ofereceram sobre rodas nos portos brasileiros subiram pelo segundo dia consecutivo 0,34%, para a média nacional de R$ 86,01/saca, contra R$ 85,72/saca, do dia anterior. O acumulado no preço de exportação em setembro reduziu novamente a perda para -2,84%, contra -3,16% do dia anterior, segundo o Indicador Cepea.

No mercado físico os preços atingiram R$ 87,00, contra R$ 86,50 do dia anterior em Paranaguá e R$ 87,00, contra 86,50, do dia anterior, também em Rio Grande. Já no mercado interno o preço caiu novamente 0,35% para a média de R$ 79,24/saca, contra R$ 79,52/saca do dia anterior.

Com isto o acumulado do mês de setembro no interior aumentou as perdas para 3,67% (3,33%). No mercado físico doméstico o preço em Passo Fundo caiu para R$ 81,60,00/saca, contra R$ 83,00/saca do dia anterior.

Fonte: T&F Agroeconômica

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.