Showtec 2018: Representantes reforçam importância da ciência para o desenvolvimento rural

0
702

Evento é realizado em Maracaju e é considerado um dos principais eventos do País

Os desafios do setor agropecuário, a comunicação rural e o papel da comunidade científica. Esses foram os principais pontos abordados pelo presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, durante a abertura do Showtec 2018, realizada nessa quarta-feira (17), em Maracaju.

O evento contou com a presença das principais lideranças políticas e rurais de Mato Grosso do Sul. Em seu discurso, Saito pontuou que o Showtec é de fundamental importância para o meio produtivo uma vez que comporta temas relevantes mundialmente

“A presença de toda a comunidade cientifica aqui no Showtec é a prova de que a tecnologia é um agente transformador do agro brasileiro. Apenas aumentando nossa produtividade rural conseguiremos cumprir com a necessidade de atendimento à demanda mundial por alimentos, o que nos obriga a dobrar nossa produção, com sustentabilidade”, afirmou referindo-se à temática da edição 2018 da feira: Carbono Zero.

Em seguida, o presidente da Famasul destacou a importância de outras abordagens da feira como a sucessão familiar, tema do Encontro Jovens da Agropecuária, no dia 19; e a comunicação rural:

“Uma estimativa, realizada pela FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, mostra o crescimento mundial na quantidade de agricultores ativos com mais de 60 anos e a dificuldade da sucessão familiar, sendo este uma preocupação para o setor. Além disso, a própria FAO reconheceu, em dezembro de 2017, que a comunicação é outro grande desafio, considerando a necessidade de esclarecer o consumidor sobre a realidade de preservação e de desenvolvimento do meio rural”.

O anfitrião do evento, presidente da Fundação MS, Luciano Muzzi Mendes, destacou como a ciência eleva o potencial produtivo do País. “A cada um real investido em pesquisa, o retorno à sociedade é de R$ 10. Em 2016, a Embrapa lançou um estudo onde comprovava que a área brasileira destinada à produção agropecuária ocupada 7,8% do território nacional. Um ano depois a NASA confirmou esse dado. Os Estados Unidos, um dos nossos maiores concorrentes, ocupa 18%. Isso significa que o Agro brasileiro anda junto com o meio ambiente”.

Em seu discurso, a deputada federal Tereza Cristina Côrrea Dias, enfatizou a união dos produtores para o desenvolvimento do meio rural. “Temos que estar unidos em prol da agricultura e pecuária brasileira, em todas as frentes. A preservação, reconhecida internacionalmente, é resultado do trabalho dos produtores rurais”.

O governador de MS, Reinaldo Azambuja,  falou do trabalho desenvolvido pela Fundação MS para o agro sul-mato-grossense. “A difusão da tecnologia, o avanço na pesquisa e a competitividade. Estes são alguns dos resultados alcançados pela Fundação MS. As boas práticas políticas das lideranças que defendem o agro e tomam decisões importantes para o setor também contribuem para os resultados alcançados.

Participaram do evento, o vice-presidente do Sistema Famasul, Nilton Pickler; o diretor tesoureiro, Luis Alberto Moraes Novaes; a diretora-secretaria, Terezinha Candido, o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; os diretores da federação: Thais Carbonaro Faleiros Zenatti e André Bartocci.

Prestigiaram a abertura o secretário de Gestão Estratégica, Eduardo Riedel e o secretário da Semagro, Jaime Verruck; o secretário de Infraestrutura e Logística do Estado do Paraná, José Richa Filho; o presidente do Sistema OCB/MS, Celso Regis; presidente da Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja de MS, Juliano Schmaedecke; o presidente do Sicredi Brasil Central, Celso Figueiredo; o prefeito municipal, Maurilio Azambuja; o presidente da Câmara Municipal de Maracaju, Hélio Albarello.

Estiveram presentes o deputado federal, Geraldo Rezende; Barbosinha; os deputados estaduais, Beto Pereira, Zé Teixeira e Felipe Orro, José Carlos Barbosa, Enelvo Felini; os chefes gerais das Embrapas: Guilherme Asmus (Agropecuária Oeste), Jorge Antonio Ferreira Lara (Pantanal) e Roney Mamede (Gado de Corte); o reitor da UFMS – Universidade Federal de MS, Marcelo Turini; o superintendente da Caixa Econômica Federal, Evandro Narciso de Lima.

Também participaram o presidente da Fundect – Fundação de Apoio do Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de MS, Márcio de Araújo Pereira; presidente da Biosul – Associação dos Produtores de Bionergia de MS, Roberto Hollanda Filho; a presidente da Associação Brasileira de Horticultura, Nair Hojo Rebouça; presidente da Orplana – Organização de Plantadores de Cana da Região Centro Sul do Brasil, Eduardo Vasconcellos Romão e o diretor-presidente dos Portos de Paranaguá e Antonina, Luiz Henrique Tessutti Dividino.

Representatividade Rural: O evento contou ainda com a presença dos presidentes de Sindicatos Rurais de MS, Ruy Fachini Filho, de Campo Grande; Moacir Reis, Água Clara; Christiano Souza Binz, de Maracaju; Telma Menezes de Araújo, de Nova Alvorada do Sul; Márcio Margato, de Iguatemi; Edy Elaine Tarrafel, de Ivinhema e Novo Horizonte do Sul; Cláudio Pradella, de Douradina; João Nelson Lyrio, de Bandeirantes; Luciano Cargnin Manfio, de Rio Brilhante; Frederico Stella, de Aquidauana; Lúcio Damalia, de Dourados;  André Cardinal, de Ponta Porã; Lígia Franciscon Ricardo, de Anaurilândia; José Eduardo Grubert, de Jardim e Jesus Cleto, de Guia Lopes da Laguna. Além dos representantes, Marcelo Bertoni, de Bonito e Marco Garcia, de Três Lagoas.

Sobre o Showtec – A feira de tecnologias é considerada uma das maiores do segmento da agricultura e agropecuária do Brasil e acontece nos dias 17, 18 e 19 de janeiro de 2018.

O evento é realizado pela Fundação MS e promovido pelo Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Sistema OCB/MS – Organização das Cooperativas Brasileiras e Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul, com patrocínio do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. O Showtec conta, ainda, com o apoio do Sicredi, Agrisus e Prefeitura Municipal de Maracaju.

Fonte: Assessoria de Comunicação FAMASUL

Autor(a): Ana Brito

Texto originalmente publicado em:
FAMASUL
Autor: Assessoria de Comunicação FAMASUL

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.