InícioDestaqueTrapoeraba: confira os danos causados por essa problemática planta daninha em soja

Trapoeraba: confira os danos causados por essa problemática planta daninha em soja

Considerada uma complexa planta daninha, a trapoeraba (Commelina benghalensis) infesta diversas áreas de produção agrícola, matocompetindo com culturas anuais como soja e milho, causando perdas significativas de produtividade. Essa planta daninha apresenta alta capacidade de propagação, principalmente por sua capacidade em produzir sementes tanto aéreas quanto subterrâneas, dificultando o manejo e controle eficiente dessa daninha.

Atrelado a isso, a Commelina benghalensis apresenta uma grande capacidade de rebrote, o que confere maior estabilidade e sobrevivência de populações dessa planta daninha, mesmo após corte por atividades como a colheita das culturas comerciais. Embora ainda não haja relatos de casos de resistência dessa planta daninha a herbicidas (Heap, 2022), é conhecido que algumas populações de Commelina benghalensis apresentam tolerância ao herbicida glifosato (Carvalho et al., 2009).



Embora não tão expressiva em lavouras de soja como buva (Conyza spp.) e capim-amargoso (Digitaria insularis), a complexidade da trapoeraba ascende um alerta frente a capacidade dessa planta daninha em infestar lavouras de soja. Com uma significativa habilidade competitiva, embora a interferência da trapoeraba na produtividade da soja varie em função do estádio de desenvolvimento em que infesta a soja, e densidade populacional da daninha, o Professor e Pesquisador Alfredo Albrecht, Supervisor do Grupo Supra Pesquisa, destaca que segundo resultados de pesquisa do grupo, os danos decorrentes da matocompetição da trapoeraba com a soja podem variar de 20% a 90% dependendo da infestação da daninha.

Figura 1. Porcentagem média de redução da produtividade da soja em função do nível de infestação por Commelina benghalensis.

Fonte: Supra Pesquisa – Professores Alfredo & Leandro Albrecht

Os resultados demonstram a necessidade de se intensificar o manejo e controle da trapoeraba, evitando grandes infestações dessa planta daninha, para minimizar as perdas produtivas em soja. Dessa forma, assim como buva e capim-amargoso, a trapoeraba passa a ser uma importante planta daninha dos sistemas de produção agrícola, com elevada capacidade em reduzir a produtividade da soja.


Veja mais: Trapoeraba – a problemática desta complexa planta daninha!


Referências:

CARVALHO, L. B. et al. EFEITOS DA DESSECAÇÃO COM GLYPHOSATE E CHLORIMURON-ETHYL NA COMUNIDADE INFESTANTE E NA PRODUTIVIDADE DA SOJA. Planta Daninha, Viçosa-MG, v. 27, p. 1025-1034, 2009. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/pd/a/GTmRFD5WMLmJwgXmgFfWQkS/?format=pdf&lang=pt >, acesso em: 26/04/2022.

HEAP, I. THE INTERNATIONAL HERBICIDE-RESISTANT WEED DATABASE, 2022. Disponível em: < https://www.weedscience.org/Pages/Species.aspx >, acesso em: 26/04/2022.

SUPRA PESQUISA. TECNOLOGIAS COM HERBICIDAS HORMONAIS NO MANEJO DA RESISTÊNCIA (PALESTRA EM EVENTO NACIONAL). Professores Alfredo & Leandro Albrecht, 2022. Disponível em: < https://youtu.be/enOY8t–jcA >, acesso em: 26/04/2022.

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedinCanal no YouTube)

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares