Os preços do trigo em grão encerraram fevereiro, período de entressafra, em alta. Segundo colaboradores do Cepea, o foco dos produtores tem sido a colheita da safra de verão, especialmente de soja, e a definição do cultivo da segunda safra, em que se enquadra o trigo. Assim, a oferta está baixa.

Do lado comprador, moinhos permaneceram ausentes do mercado nos últimos dias do mês passado, visto que afirmam ter estoques elevados de produtos acabados. Nesse cenário, apesar das altas dos valores, as negociações seguem lentas. Quanto aos derivados, a comercialização das farinhas permaneceu em ritmo lento, devido à menor demanda.

A procura da indústria está enfraquecida, visto que o consumo no final da cadeia segue baixo. De acordo com colaboradores do Cepea, as restrições nos locais de produção aumentaram na região Sul, devido ao avanço da pandemia. Assim, os preços dos derivados registraram apenas pequenas oscilações nos últimos dias.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Texto originalmente publicado em:
Cepea
Autor: Cepea/Esalq

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.