Triticultores do RS começam o custeio da safra 2018

0
515

Com a cultura em entressafra, os produtores iniciam os encaminhamentos de propostas para custeio da safra 2018. Entre técnicos e produtores, a sensação é de que poderá haver redução na área cultivada na próxima safra. Muito em função de os agricultores não conseguirem fazer mais o custeio junto aos bancos, uma vez que muitos já teriam recorrido ao Proagro pela terceira vez em cinco anos.

Em função da demora na análise das informações dos laudos, os contratos foram prorrogados por 180 dias para que as interpelações possam ser respondidas. Ainda segundo técnicos, se observa uma tendência de aumento na utilização de variedades de trigo duplo propósito, possibilitando a integração lavoura-pecuária nas áreas antes destinadas somente à lavoura de grãos.

Fonte: EMATER/RS

Texto originalmente publicado em:
Informativo Conjuntural Nº1494
Autor: EMATER/RS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.