InícioDestaqueBolsa de Cereais de Rosário Argentina: La Niña - estimativas mudam de...

Bolsa de Cereais de Rosário Argentina: La Niña – estimativas mudam de muito forte para forte/moderado

Argentina: Há dois meses foi projetado um “La Niña” muito forte e um nível de resfriamento raramente visto nos últimos 25 anos. Mas agora esperam-se notícias melhores: “há uma tendência clara para a diminuição do arrefecimento”. Passamos de prever um cenário muito complexo para um onde as chuvas e a umidade não estarão tão distantes das médias estatísticas.

Autor: Cristiano Russo, Bolsa de Cereais de Rosário.

Contextualizando: Toda vez que aparece um valor de anomalia menor que -2, estamos falando de uma Niña muito forte. Nos últimos 25 anos, os menores valores de resfriamento foram no final de 2007 e início de 2008 quando foram registrados -1,5 e -1,6. E no final de 1999 e início de 2000, a anomalia era de -1,7.

É por isso que o que mostram as atualizações mais recentes de 20 de maio de 2024 dos modelos dinâmicos é muito importante, uma vez que há uma diminuição significativa do resfriamento que havia sido projetado com os dados de abril. Ou seja, um menor grau de severidade previsto para o evento Niña esperado para setembro de 2024/março de 2025. Agora, o menor valor previsto é uma anomalia de -1,5°C para dezembro e janeiro.  Desta forma, o fenômeno está temperando e passou de uma projeção muito forte para uma intensidade forte/moderada. Com esses dados, fica clara a tendência de diminuição do resfriamento, conforme mostra o gráfico a seguir:

Fonte: Bolsa de Cereais de Rosário –  Argentina
FONTE

Autor:Bolsa de Cereais de Rosário -  Argentina

Site: Bolsa de Cereais de Rosário -  Argentina

Equipe Mais Soja
Equipe Mais Soja
A equipe editorial do portal Mais Soja é formada por profissionais do Agronegócio que se dedicam diariamente a buscar as melhores informações e em gerar conteúdo técnico profissional de qualidade.
Artigos relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Populares