Com o movimento de recuperação em Chicago, o mercado brasileiro de soja deve iniciar com preços em leve alta, após uma sequência de quedas. A movimentação deve seguir pontual. O dólar registra perda e a cotação da soja no Brasil está longe da casa de R$ 200,00 esperada pelos vendedores.

Os preços da soja oscilaram entre estáveis e mais baixos na quarta no mercado físico brasileiro. A queda em Chicago – a terceira seguida – afastou os negociadores e pesou sobre as cotações. O dólar teve um dia volátil e fechou quase estável. Mais um dia de comercialização arrastada, mantendo a tônica da semana.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos caiu de R$ 183,00 para R$ 182,00. Na região das Missões, a cotação recuou de R$ 182,00 para R$ 181,00. No Porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 189,00 para R$ 188,00.

Em Cascavel, no Paraná, o preço baixou de R$ 183,50 para R$ 182,00. No porto de Paranaguá (PR), a saca teve retração de R$ 190,00 para R$ 188,50.

Rondonópolis (MT), a saca subiu de R$ 167,00 para R$ 170,00. Em Dourados (MS), a cotação desvalorizou de R$ 175,00 para R$ 174,00. Em Rio Verde (GO), a saca baixou de R$ 165,00 para R$ 164,00.

Chicago

Os contratos da soja com entrega em novembro registram alta de 0,62%, cotados a US$ 13,78 3/4 por bushel.

Após as perdas iniciais, o mercado virou e opera com ganhos, em meio a um movimento de recuperação técnica.

As atenções estão voltadas para as exportações semanais dos Estados Unidos, que serão divulgadas hoje, às 9h30 (horário de Brasília). O mercado aposta em número entre 100 mil e 800 mil toneladas.

Prêmios 

Os preços FOB da soja recuaram no Brasil ontem, acompanhando a queda dos contratos futuros na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT). Com maior interesse de compra por parte dos chineses para setembro, o prêmio mais próximo subiu, enquanto os demais seguiram estáveis.

Os prêmios de exportação da soja estavam em 235 a 250 pontos acima de Chicago no final da quarta no Porto de Paranaguá, para setembro. Para fevereiro, o prêmio era de 62 a 74 acima. Para março de 2023, o prêmio estava em 41 a 45 pontos acima, conforme dados de SAFRAS & Mercado.

O preço FOB exportação (flat price) para setembro em Paranaguá oscilou entre US$ 602,10 e US$ 607,60 por tonelada. No dia anterior, os preços variaram entre US$ 595,50 e US$ 612,10.

Câmbio 

O dólar comercial registra baixa de 0,28% a R$ 5,260. O Dollar Index registra baixa de 0,14% a 106,35 pontos.

Indicadores financeiros 

  • As principais bolsas da Ásia encerraram em alta. Xangai, +0,8%; Tóquio, +0,69%.
  • As principais bolsas na Europa registram índices firmes. Londres, +0,55%; Paris, +0,7% e Frankfurt, +1,07%.
  • O petróleo opera em alta. Setembro do WTI em NY: US$ 90,97 o barril (+0,36%).

Fonte: Agência SAFRAS

Texto originalmente publicado em:
Safras e Mercados
Autor: Dylan Della Pasqua - Agência SAFRAS

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.