O cultivo de milho em segunda safra é uma é uma alternativa de uso do solo no período de entressafra dos cultivos principais, em especial quando associado a rotação de culturas com a soja. Outra importante contribuição desse cultivo, é a possibilidade de trabalhar com o posicionamento de herbicidas para o controle de plantas daninhas dicotiledôneas.

Além disso, o cultivo do milho em segunda safra possibilita o uso de diferentes mecanismos de ação de herbicidas e o controle de plantas daninhas como a soja “tiguera” ou soja espontânea, remanescente dos cultivos de soja anteriores. Apesar de neste ano agrícola as lavouras estares enfrentando períodos de déficit hídrico, em especial nas regiões Sul do Brasil, o Prof. Da Universidade Federal do Paraná Alfredo Albrecht destaca a importância de se dar continuidade as práticas de manejo para controle das plantas daninhas, uma vez que não realizadas, dificultam o controle dessas plantas nas próximas safras.

Quer saber mais? Confira o vídeo abaixo e veja as dicas do Prof. Alfredo para o controle de plantas daninhas.

Inscreva-se agora no canal dos Professores Alfredo & Leandro Albrecht, aqui.



 

Acompanhe nosso site, siga nossas mídias sociais (SiteFacebookInstagramLinkedin

 

Redação: Maurício Siqueira dos Santos – Eng. Agrônomo.

Nenhum comentário

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.